Seet
Sobral – 300×100

Luciano Huck grava quadro com estudante do Tocantins que construiu casa vendendo jujubas

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Luciano Huck se emociona com história de superação.

A comovente história de luta e superação do estudante tocantinense Danilo Correa, de 31 anos, que conseguiu construir sua humilde casa em Palmas (TO) com o dinheiro da venda de jujubas, será mostrada pelo apresentador Luciano Huck, no Programa Caldeirão do Huck. A produção do programa, juntamente com o apresentador, gravou nesta sexta-feira (26) com o estudante no campus da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

A gravação faz parte do quadro ‘Lar Doce Lar’. O apresentador também tirou um tempinho para fazer selfies e interagir com universitários, fãs e servidores da universidade.

O estudante foi selecionado após Luciano Huck se comover com sua história. “Tenho orgulho de você, sei que para construir uma casa através de vendas de doces tem que ter muita fé, coragem e determinação”, afirmou Luciano Huck.

Sonhador, Danilo já chegou a morar na rua, mas hoje comemora a realização de um sonho ao conseguir construir um humilde cômodo onde repousa com tranquilidade e privacidade.

Danilo morava em Belém (PA), mas resolveu tentar a vida em Palmas, onde já passou por vários momentos difíceis, como dormir três noites na rua, morar de favor e ser mandado embora de uma casa.

Foto: Divulgação/TV Anhanguera
Casa construída por Danilo em Palmas.

Para realizar o sonho, o estudante decidiu empreender. Cada jujuba é vendida por R$ 1. De segunda a sexta, na universidade onde estuda filosofia, são três caixas de jujuba, cada uma com 30. Aos sábados e domingos faz as vendas em parques e avenidas da cidade e segundo ele o lucro é maior já que vende cinco caixas.

A cada venda, Danilo aborda as pessoas e fala sobre o projeto da construção da casa. Muitas ficam sensibilizadas e fazem doações. Todas as vendas, compras e lucros são calculados e controlados. Ele compra a caixa de jujubas por R$ 8,90 e lucra 21,10. A compra dos materiais de construção é feita semanalmente.

Danilo começou a vender as jujubas em setembro de 2016 e se mudou para a casa em 22 de dezembro. Apesar de ainda faltar alguns cômodos, o estudante diz que não existe sensação melhor do que estar na casa própria. Danilo conta que a meta é que a casa esteja totalmente pronta em dezembro de 2017. “Vai ser linda, com sala de estar, sala de jantar, duas suítes e cozinha”, comemora.

Ainda não há data para a gravação ser exibida.

(Com informações do G1)

Foto: Divulgação
Gravação do quadro “Lar Doce Lar”

Comentários pelo Facebook: