Seet
Sobral – 300×100

Manifestantes voltam às ruas em Araguaína contra a corrupção e pelo impeachment da presidente Dilma

Mara Santos - |
Foto: Divulgação
Cerca de mil pessoas, segundo a PM e os organizadores, participaram da manifestação

Cerca de mil pessoas participaram, na noite da última quinta-feira (17/03), em Araguaína, de mais uma manifestação contra a corrupção e o Governo Dilma e a favor das autoridades que atuam nas investigações contra a corrupção. A concentração aconteceu na Praça das Bandeiras, de onde o grupo seguiu pela contramão da Avenida Cônego João Lima até o entroncamento. O protesto chegou a  bloquear a BR-153 por alguns minutos.

Organizado pelo movi20160317162144mento Vem Pra Rua Brasil e a ONG SOS Liberdade, o movimento recebeu apoio de entidades como a Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara) e o Sindicato Rural de Araguaína (SRA).

O movimento protestava também contra a nomeação do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva como Ministro-chefe da Casa Civil. A nomeação de Lula aconteceu na manhã de quinta-feira, mas foi imediatamente suspensa por uma decisão liminar do juiz Itagiba Catta Preta, da Justiça Federal em Brasília. O juiz considera que a posse pode representar uma intervenção indevida na atividade policial, no Ministério Público e no Poder Judiciário. E indicar crime de responsabilidade por parte da presidente Dilma.

O governo recorreu ao Tribunal Regional Federal pedindo a suspensão da liminar, mas no final da tarde, a Justiça do Rio concedeu mais uma liminar suspendendo a posse. Enquanto isso, Lula segue impedido de exercer o cargo por conta das liminares.

Comentários pelo Facebook: