Sobral – 300×100
Seet

Marcelo promete pagar dívida da saúde e assinar convênio de R$ 45 milhões durante reunião com Dimas

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Governador disse que vai assinar liberação de convênio para pavimentação. Os recursos são do Governo Federal.

Arnaldo Filho // AF Notícias

Uma reunião importante, mas que não solucionará imediatamente o grande problema das dívidas do Governo do Estado com o Município de Araguaína, que já somam quase R$ 20 milhões. Assim foi a audiência entre o governador Marcelo Miranda (PMDB) e o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), onde os gestores discutiram também a possibilidade de retomada de várias obras paralisadas e o convênio de quase R$ 45 milhões, com recursos do Governo Federal, que aguarda apenas a assinatura e liberação da contrapartida por parte do Estado.

A reunião aconteceu na tarde desta terça-feira (16) no Palácio Araguaia, em Palmas, intermediada pelo deputado Elenil da Penha (PMDB).

A dívida na área da saúde foi apontada como “prioritária” pelo prefeito Dimas, cujo valor já soma R$ 5,9 milhões, sendo que R$ 3,8 milhões são referentes aos repasses atrasados apenas da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A responsabilidade pela manutenção dos serviços é tripartite (Município, Estado e Governo Federal), mas somente no ano passado o Estado deixou de repassar um total de 10 parcelas, e começou 2016 com atrasos.

Em resposta, Marcelo Miranda afirmou que o Governo do Estado vai elaborar nos próximos 30 dias um cronograma para pagamento da dívida, mas não definiu data para repasse dos recursos e culpou a gestão passada por grande parte dos atrasos.

Já o prefeito Ronaldo Dimas enfatizou que a “cobrança está feita”, mas foi otimista. “Tenho a perspectiva de que a solução dessa dívida venha a ser dada nos próximos dias, mas até quando vai ficar esse débito com o Município?”, questionou o prefeito.

Boa notícia: Convênio de R$ 42 milhões

Foto: Divulgação
Audiência aconteceu na tarde desta quarta-feira (16), no Palácio Araguaia, em Palmas.

A boa notícia da reunião é que Marcelo Miranda se comprometeu a assinar a ordem de serviço para retomada das obras do convênio PAC II – Pró-Transporte, no valor de R$ 42 milhões, recursos provenientes do Governo Federal, através do FGTS e Caixa Econômica. Segundo o prefeito, essa foi a “única definição clara” da audiência com o governador. O convênio foi assinado ainda em 2012, quando Dimas era Secretário Estadual das Cidades.

As obras estão paralisadas desde 2014 por falta da contrapartida do Estado, no valor aproximado de R$ 2 milhões.  O prefeito chegou a propor que o Município assumisse essa responsabilidade para não perder o convênio.

Todo o montante será investido no recapeamento dos setores Raizal, Tereza Hilário Ribeiro e São João, e pavimentação dos setores Morada do Sol, parte do Araguaína Sul, Ana Maria, Tocantins e parte do Universitário. Segundo Ronaldo Dimas, nestes bairros moram quase metade da população de Araguaína.

A obra já foi licitada e contratada pelo Estado. A empresa vencedora, CCB Construtora, iniciou os trabalhos de tapa-buracos no bairro São João, onde também receberá o recapeamento, e elaborou projetos para os demais setores beneficiados. Os projetos estão em análise pelo Município, Estado e Caixa.

“São algumas demandas do passado que estamos procurando sanear e saímos na frente com a pavimentação desses bairros. Autorizei e vamos só discutir a data para dar essa ordem de serviço nos próximos 30 dias. Quanto à contrapartida, isso já está acertado”, afirmou o governador.

Marcelo Miranda destacou ainda que a parceria com Ronaldo Dimas é “sadia, de respeito e quem ganha com isso é a população”. “Sempre houve essa aproximação com Ronaldo Dimas e quero destacar a importância da bancada de deputados de Araguaína que sempre estão cobrando do governo”, acrescentou.

Apenas o deputado Elenil da Penha esteve presente na audiência. Jorge Frederico, Olyntho Neto e a líder do governo, Valderez Castelo Branco, não compareceram e nem justificaram a ausência.

Avanços

O interlocutor da audiência, Elenil da Penha, destacou os avanços obtidos. “Estamos em busca de respostas para Araguaína. O que queremos é trabalho. O processo político-partidário é importante, mas é também importante que resolvamos as questões administrativas. Quando a gente vê o prefeito Ronaldo Dimas e o governador Marcelo Miranda dialogarem sobre os problemas da comunidade, a gente percebe que é possível avançar mesmo diante da crise no Brasil e no mundo. Esperamos já no próximo mês o governador em Araguaína com o maquinário para iniciar as obras e também reiniciar no Setor Maracanã”, concluiu.

Outras demandas

Ainda durante a audiência, Dimas e Marcelo discutiram sobre a recuperação da cratera na Avenida Filadélfia, previsto para iniciar após o fim do período chuvoso; a duplicação da TO-222 nos trechos entre o trevo de Babaçulândia-Araguaína-Setor Novo Horizonte, além da retomada de obras que estão paralisadas, como o Hospital Geral de Araguaína, Fórum e Escolas de Tempo Integral dos Setores Nova Araguaína e Maracanã.

Presenças

Ainda estiveram presentes à reunião o presidente da Câmara de Vereadores de Araguaína, Marcus Marcelo; o secretário estadual de Governo, Ivo Carneiro; e o secretário da Agência Tocantinense de Regulação, Carlos Patrocínio Júnior.

Comentários pelo Facebook: