Sobral – 300×100
Seet

Marcelo Miranda promete reconstruir 378 km de rodovias na região norte; custo será de R$ 88,3 milhões

Redação AF -
Foto: Divulgação
Várias rodovias da região norte do Estado estão intrafegáveis.

Um total de 18 trechos de rodovias estaduais, que somados chegam a 378,43 km de extensão, abrangendo 18 municípios da região do Bico do Papagaio serão reconstruídos pelo Governo do Estado. A promessa foi feita pelo governador Marcelo Miranda, no último sábado (16/04), quando assinou a Ordem de Serviços para início das obras pela Construtora Jurema Ltda, que cuidará dos trechos no período de cinco anos.

Segundo o Governo, a reconstrução vai custar R$ 88.335.581,85 com recursos do contrato de empréstimo L8185-BR, firmado entre o Governo do Estado do Tocantins e Banco Mundial.

Estas são as primeiras obras do convênio entre o Estado e o Banco Mundial celebrado em 2015, no valor de R$ 314 milhões, para reabilitação, reforço estrutural, reconstrução de pavimento, drenagem e sinalização de 1.145 km de rodovias tocantinenses. As obras integram o Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), na modalidade Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema).

As rodovias que compreendem a ordem de serviços são TO-010, TO-126, TO-134, TO-201, TO-403, TO-404, TO-407 e o Entroncamento da TO-201 até a balsa em Bela Vista, no município de São Miguel. Os municípios atendidos são Araguatins, Buriti, São Sebastião, Sítio Novo, Itaguatins, Tocantinópolis, Aguiarnópolis, Axixá, São Bento, Luzinópolis, Angico, Darcinópolis, Augustinópolis, Esperantina, Sampaio, Praia Norte, São Miguel e Carrasco Bonito.

Segundo a Secretaria de Infraestrutura, as obras vão ser iniciadas com uma intervenção emergencial nos trechos mais críticos para garantir a segurança e a trafegabilidade aos motoristas. Em seguida, a empresa dará início aos trabalhos de reconstrução do asfalto (pavimento), e posteriormente fará a manutenção da rodovia.

Ecoporto Praia Norte

Na ocasião, o governador Marcelo Miranda também assinou Ordem de Serviços à empresa ECP Engenharia Construção e Planejamento Ltda, para iniciar a construção de 3.094 metros de rede de distribuição de energia urbana de alta tensão 34Kv e 3.321 m de rede de distribuição urbana de baixa tensão, com três postos de transformação de 75 KVA e três postos de transformação de 45 KVA, no setor Ecoporto em Praia Norte, em conformidade com o contrato nº 003/2016, no valor de R$ 755,746,49, entre a empresa e a Secretaria de Estado da Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos.

Comentários pelo Facebook: