Márlon Reis quer atuação rigorosa do TRE contra fake news e pesquisas montadas

Agnaldo Araujo -
Foto: Nielcem Fernandes
Marlon Reis (Rede)

Candidato ao Governo do Tocantins, Márlon Reis irá pedir atuação rigorosa da Justiça Eleitoral no combate às chamadas fake news na eleição suplementar do dia 3 de junho.

A solicitação vai ser realizada diretamente ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Tocantins, Marco Vilas Boas, durante encontro nesta quarta-feira (16).

Conforme Márlon Reis, notícias falsas e pesquisas montadas fazem parte da ‘velha política’. “O Tocantins está acostumado a certos atos de desespero da velha política, como fake news e pesquisas montadas. Tudo isso faz parte da história política do Tocantins. Agora lançam contra mim uma campanha baseada numa notícia grosseiramente falsificada”, afirmou.

Márlon Reis também disse que não responde a nenhum inquérito, diferentemente dos seus opositores. “Sou totalmente ficha limpa, além de criador da Lei da Ficha Limpa. Minha resposta será institucional. Ao invés de ficar me preocupando com esse caso que me acusam de forma totalmente leviana e mentirosa, vou ao Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins para lançar uma campanha contra a fake news”, ressaltou.

Além de pedir atuação rigorosa contra esse tipo de prática na eleição, o candidato também solicitar que os responsáveis sejam punidos. “Quem compartilha notícia caluniosa pratica o mesmo crime”, completou Márlon Reis.

Comentários pelo Facebook: