Sobral – 300×100
Seet

Matagal e escuridão facilitam ações de ladrões, diz líder de igreja arrombada duas vezes

Agnaldo Araujo - |
Fotos: AF Notícias
Situação de uma rua no Setor Xixebal

Márcia Costa//AF Notícias

Moradores do setor Xixebal, em Araguaína, estão revoltados com a falta de segurança no bairro. Segundo eles, os furtos em residências e até nas igrejas se tornaram frequentes. A situação que já é crítica seria agravada pela enorme quantidade de lotes baldios e também devido à falta de policiamento preventivo.

Depois de ter a igreja invadida pela segunda vez, o pastor Edivaldo Barbosa se disse revoltado. Segundo ele, os criminosos levaram instrumentos musicais e alguns aparelhos eletrônicos na última vez do arrombamento. Depois disso, um alarme foi instalado na igreja, mas nem isso garante a tranquilidade.

“Não é fácil você chegar e se deparar com a janela da igreja quebrada e coisas faltando. Essa região é repleta de mato alto e lotes baldios. Alguns postes não acendem a luz porque as lâmpadas estão queimadas. À noite os roubos são mais comuns. Precisamos de uma solução”, cobrou o pastor.

De acordo com os moradores do setor Xixebal, a região escura e o matagal servem como esconderijo para os bandidos. Os moradores cobram também pavimentação asfáltica em várias ruas do setor, onde não houve sequer cascalhamento.

Outro lado

A prefeitura de Araguaína informou, em nota, que uma equipe da Secretaria da Infraestrutura vai verificar as condições da Rua 62, no Setor Xixebal, para realizar o serviço de manutenção periódico, seguindo as ações de recuperação de vias em toda a cidade.

A prefeitura disponibilizou ainda o telefone para que os serviços de manutenção e recuperação de ruas sejam solicitados: 3411-7092.

“Em relação às lâmpadas queimadas e quebradas, o Departamento de Iluminação Pública vai até o local para fazer a reposição das mesmas até a próxima semana”, afirmou na nota. A prefeitura acrescentou que a comunidade pode solicitar esses serviços e também em caso de vandalismo direto com a secretaria, no seguinte telefone: 3411 7066.

No que se refere ao mato alto em lotes baldios no setor, a resposta foi a de que a limpeza é de responsabilidade dos proprietários. “A prefeitura pode, através do Departamento Municipal de Posturas e Edificações (Demupe), notificar os proprietários para que executem a limpeza e aplicar multa em caso de descumprimento da determinação no prazo estabelecido”, ressaltou.

A prefeitura ainda acrescentou que a comunidade pode fazer denúncias diretamente ao Demupe e informar os endereços através do telefone: 3411-5639.

Foto: AF Notícias
Igreja que já foi assaltada duas vezes no setor

Comentários pelo Facebook: