Seet
Sobral – 300×100

‘Me sinto frustrado’, diz diretor vítima de agressão na porta de escola em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Professor Mariano tem quase 30 anos de educação no Tocantins.

“Sempre procurei zelar pelo bem e aprendizado dos meus alunos, mas hoje me sinto triste e frustrado”. Essa é a declaração que representa a decepção do professor Mariano Soares da Costa, diretor do Colégio Estadual Guilherme Dourado, no centro de Araguaína.

Mariano foi vítima de agressões físicas por parte de um ex-aluno que já tinha sido expulso no ano passado por também agredir um professor dentro da escola. O caso aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (9).

“Tenho quase 30 anos de educação. Muitos aqui já foram meus alunos e sabem do meu trabalho, mas hoje me sinto frustrado e triste com uma situação dessa. Poderia ter acontecido com qualquer outro professor”, lamentou Mariano.

A cena de violência contra o educador revoltou e chocou a população. O professor também recebeu centenas de mensagens de apoio e solidariedade.

“Meu amigo, a sua luta é [também] de todo o araguainense que está com medo de tanta malandragem. Você representa o trabalhador que não pode mais sair de casa com medo, você representa o grito de quem tem que engolir tudo com medo do que os bandidos podem fazer com a gente. Justiça, acorda! Os valores estão invertidos”, disse Allyne Brito.

“Hoje esses adolescentes não respeitam ninguém”, afirmou Ana Maria. “Quem conhece o professor Mariano sabe da pessoa que ele é, pai de família e muito trabalhador, e ninguém tem sangue de barata para ser agredido por um vagabundo e ficar achando graça”, defendeu Airton Rocha.

“Professor Mariano me representa! Hipocrisia é fingir que não há uma calamidade ocorrendo”, afirmou Mary Lopes.

As câmeras de segurança do colégio registraram toda a ação. O diretor estava na calçada acompanhando a saída dos alunos, quando um rapaz, que estava do lado oposto da rua, caminha em sua direção e dá um soco na máquina fotográfica que está na sua mão. Em seguida, não satisfeito, o rapaz retorna e dá outro soco no equipamento e acerta também o peito do professor. Nesse momento, o professor se desequilibra e cai nos degraus da calçada da escola e continua sendo agredido.

VEJA MAIS…

Diretor de escola é agredido por ex-aluno expulso por violência contra professor em Araguaína

Comentários pelo Facebook: