Sobral – 300×100
Seet

Ministro dos Transportes inaugura obras da BR-153 em Araguaína; Aciara cobrará melhorias no aeroporto

Redação AF -
Foto: Marcos Filho
Obras de restauração da BR-153 serão inauguradas amanhã, dia 30, às 10 horas, no auditório da Fieto. Serão discutidas ainda obras importantes para a cidade, como organização do Aeroporto e Anel Viário

O Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, estará em Araguaína (TO), nesta quinta-feira (30/06), para participar da solenidade de inauguração das obras de restauração da BR-153, no trecho entre Wanderlândia e Presidente Kennedy.

O evento acontece no auditório da Fieto, às 10 horas, e contará com a presença de autoridades estaduais, municipais e regionais. Na oportunidade, o prefeito Ronaldo Dimas solicitará ao ministro empenho em obras importantes para a cidade. “Estamos ansiosos para que o ministro também sinalize positivamente para mais dois projetos ímpares para Araguaína: a organização do Aeroporto e o Anel Viário”, acrescentou Dimas.

BR-153

Com dotação orçamentária na ordem de R$ 124,1 milhões, as obras de revitalização da BR-153 foram executadas entre 2013 e 2016, pela construtora Jurema Ltda. O trecho, entre o quilômetro 91,6 (entroncamento da BR-226 / TO-010) e o quilômetro 298,2 (entroncamento TO-239), totaliza 206,6 quilômetros restaurados de rodovia.

Também conhecida como Belém-Brasília, a BR-153 é a quarta maior rodovia federal do Brasil e principal ligação entre o Centro-Oeste e o Meio-Norte do País, cortando os Estados do Pará, Tocantins, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Cobrança da Aciara

A Associação Comercial e Industrial de Araguaína – ACIARA participará do encontro e considera pertinente a presença de Maurício Quintella na cidade, uma vez que o aeroporto de Araguaína precisa ser ampliado.

De acordo com a Prefeitura de Araguaína, já existe um projeto pronto de regionalização do aeroporto da cidade, orçado em R$ 60 milhões, devidamente aprovado pela Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC e com recurso empenhado junto à Secretaria Nacional de Aviação Civil. Basta uma ordem de serviço da Presidência da República para o início das obras.

O presidente da ACIARA, Márcio Parente, lembra que foi acordada a constituição de uma comissão com representantes da entidade, do município e do Estado para pleitear a celeridade dos trâmites junto ao Governo Federal, mas a situação pode avançar já na próxima quinta. “Vamos unir forças à Prefeitura e cobrar uma solução definitiva para o aeroporto. Apenas um voo opera em Araguaína atualmente e toda a população, assim como a classe empresarial, acumula prejuízos com isso”.

A ACIARA também abordará a necessidade da instalação imediata de equipamentos, na ordem de R$ 2 milhões, para que aeronaves de maior porte possam descer na cidade. Há a expectativa de que a empresa Azul retome rotas para Araguaína. A companhia aérea já teria dado entrada no pedido junto à ANAC.

Comentários pelo Facebook: