Miranda diz ser ‘desnecessária’ decisão do TJ e vai priorizar pagamento da folha

Redação AF - |
Foto: - Pedro Barbosa
Reunião entre governador Marcelo Miranda e secretariados nesta segunda-feira

O governador Marcelo Miranda convocou servidores do 1º e 2º escalões do Governo para uma reunião de rotina, na manhã desta segunda-feira (26). Em pauta, a apresentação de relatórios por parte dos gestores, informações e comunicados, dentre eles a prioridade do pagamento dos servidores. Realizada na sala de reuniões do Palácio Araguaia, a reunião teve início às 9 horas, terminando por volta das 13h30.

Marcelo Miranda iniciou ressaltando a confiança e o reconhecimento que deposita em cada gestor. Determinou que mantivessem as ações indispensáveis para que a máquina estatal não pare. “Especialmente as pastas de atenção básica, a exemplo da Saúde, da Segurança e da Educação”, pontuou.

Durante a reunião, o governador Marcelo Miranda anunciou também o fechamento da folha de março e reforçou que o pagamento dos servidores é prioridade.

Ação Cautelar

Cópia da Ação Cautelar do Ministério Público Estadual, protocolada nesse domingo (25), foi distribuída e comentada pelo governador e pelo procurador-geral do Estado, Sérgio do Vale. Acatando os pedidos do MPE, o desembargador Marco Villas Boas determinou que o governador se abstenha de praticar vários atos, como conceder promoções militares e efetuar pagamentos não-prioritários. Também suspendeu a continuidade do concurso público da PM-TO.

“Respeitaremos a decisão, mesmo considerando desnecessária, pois, em momento algum da minha vida pública faria uso ou determinaria, aos meus secretários, a prática de atos ilícitos”, resumiu o governador.

Pronunciamentos

No espaço destinado a pronunciamentos dos secretários, foi lembrado o que vem sendo feito na atual administração do Estado. Marcelo Miranda ressaltou o empenho dos secretários; citou como exemplo o dinheiro em caixa, como é o caso de R$ 340 milhões de uma parceria com o Banco Mundial; os passos já dados para a construção da nova ponte de Porto Nacional; os avanços e investimentos em todas as áreas, especialmente nas de Saúde, Educação, Segurança e Infraestrutura.

O governador encerrou a reunião agradecendo pelo empenho e pela dedicação de cada um. “Desde o início, enfrentamos momentos difíceis. Enfrentamos crises e adversários que se incomodam com o nosso trabalho. Por isso eu digo: nada do que aconteceu nos últimos dias pode nos abater. Minha gratidão pela solidariedade nesse momento em que a vida nos coloca diante de mais um desafio”, finalizou.

Comentários pelo Facebook: