Moradores de Luzimangues interditam ponte em protesto contra ‘gestão ineficaz’

Agnaldo Araujo - | - 585 views
Foto: Divulgação
Moradores interditaram a ponte para pedir melhorias na infraestrutura do Distrito

Nielcem Fernandes // AF Notícias

Moradores do Distrito de Luzimangues bloquearam a ponte Fernando Henrique Cardoso, em Palmas, para reivindicar melhorias na manhã desta segunda-feira (28).

Os manifestantes bloquearam o tráfego nos dois sentidos da pista com faixas e cartazes pedindo melhorias no atendimento básico à população local. Saúde, segurança, transporte e asfalto estavam na pauta dos manifestantes.

O protesto durou cerca de 1h30m e causou congestionamento de veículos no local. A ponte é a principal via de acesso dos moradores do Distrito e de Paraíso do Tocantins à capital. O trânsito já foi liberado.

Foto: Divulgação
A manifestação durou cerca de 1h30min e a pista foi liberada em seguida

Da ponte, os manifestantes se dirigiram para a subprefeitura do município. Segundo informações apuradas pelo AF Notícias, um grupo com 12 moradores do Distrito foi recebido pelo prefeito Joaquim Maia (PV) para tratar das reivindicações.

“Esse movimento é para mostrar as nossas reivindicações sobre a gestão pública ineficaz e o descaso com nosso Distrito. Lutamos por um Distrito onde os serviços essenciais tenham sua garantia. Sou cidadã Luzimanguense e busco o melhor para o nosso Distrito”, destacou a associativista Nassa Élida Pinheiro de Almeida Silva.

Apesar de Luzimangues ficar a poucos quilômetros da capital, o distrito pertence ao Município de Porto Nacional.

Indignados com a falta de assistência por parte da prefeitura, os moradores divulgaram uma nota de repúdio na semana passada.

Confira

Nota de repúdio ao descaso com o funcionalismo público de Porto Nacional/Luzimangues

Movimento: Acorda Luzimangues

“Diante de tantas atrocidades vivenciadas nesse 1 ano e 5 meses da gestão que pregou ‘mudança’ enganando o povo portuense.

Nos encontramos numa situação de total desvalorização profissional, distrital, enfim Luzimangues vive mazelas de um governo desorganizado, mas muito bem articulado para retirar direitos dos servidores municipais, como também recolher impostos podendo citar o alto IPTU que no ano de 2017 chegou a protestar inúmeros proprietários de lotes no Distrito.

Haja vista que eu, professor Roberto, que participei do plano de governo desse gestor, que passei dias até altas horas ajudando na elaboração desse plano, tenho direito de cobrar minhas progressões em atrasos, cumprimento do PCCR nas gratificações, segurança pública para Luzimangues (casas sendo levadas por assaltantes todos os dias), salas de aulas, creches, o término do postinho ao lado da Escola Jacinto Bispo Arantes.

Hoje tive minha alimentação retirada por falta de saldo ocasionado por um governo que tira do professor o direito ja adquirido desde 2013 de um crédito de 500 reais de um cartão chamado Brasil Card, alteraram para 300 reais, descontando o mês passado com este, me deixando sem crédito algum. Hoje se eu tivesse um filho teria deixado o leite no balcão por desorganização e insensibilidade de uma gestão que veio para ajudar ou destruir o pouco que já tínhamos?

É com sentimento de impotência psicológica, mas de grande garra para lutar, que convido você professor, vocês pais de alunos que estão sendo lesados pelas péssimas condições do transporte escolar, que um dia funciona outro não, vocês pais de família que não conseguem pagar seu IPTU, sua licença embargada, você funcionário da saúde da subprefeitura que estão sendo esmagados por uma gestão opressora, a todos os empresários que estão sendo prejudicados por esse governo, repito que convido a todos sem exceção do Distrito de Luzimangues a formarmos uma grande equipe para uma grande reunião para que façamos o “Dia D” em Luzimangues.

Uma manifestação pacífica parando a ponte com faixas, cartazes, folders, explicando e mostrando o descaso público que sofremos!

Vamos fazer um grande manifesto popular!

Conto com vocês!

Chega de fingir que está tudo bem!

Votei errado, mas não me envergonho de dizer e por isso devo ser o primeiro a cobrar!

Manifestação na Ponte PalmasxLuzimangues por respeito ao cidadão!”

Foto: Divulgação
Na pauta dos manifestantes 18 reivindicações

Comentários pelo Facebook: