Seet
Sobral – 300×100

Moradores do Setor Ana Maria enfrentam matagal, buracos, areia e entulhos

Agnaldo Araujo - |
Foto: Adriana Vieira
Rua esburacada no Setor Ana Maria

Os moradores do Setor Ana Maria, em Araguaína, estão enfrentando muitas dificuldades todos os dias para sair e chegar em casa. As ruas nunca foram pavimentadas, tampouco receberam qualquer serviço de cascalhamento. A enxurrada abriu valas enormes que dificultam a passagem de veículos. “Um absurdo viver aqui”, disse revoltada a moradora Adriana Vieira.

A residência de Adriana fica localizada na Avenida Wander de Araújo, que é de mão dupla. Mesmo assim, segundo ela, não tem nenhuma sinalização e se encontra em péssimo estado de conservação, há vários anos.

Conforme a moradora, a situação piora a cada dia com o surgimento de novos buracos e crescimento dos já existentes. O mato também ultrapassa a altura de uma pessoa, que serve de esconderijo para criminosos, animais peçonhentos e insetos transmissores de doenças.

“A situação das ruas é crítica, dificulta imensamente o tráfego de veículos e potencializa o risco de acidentes e criminalidade. Está horrível, difícil. Nós estamos abandonados e não tem ninguém pela gente”, lamentou a moradora.

Adriana disse que trabalha no setor vizinho, Jardins Mônaco, a cerca de 1 km de sua residência, mas demora aproximadamente 15 minutos para chegar no local de trabalho. “Não tem como trafegar. Areia, buraco, não tem mais como”, afirmou.

A moradora relatou que já fez uma reclamação junto à Secretaria de Infraestrutura,  mas nenhuma medida foi tomada.

Outro lado

Em nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura informou que o Setor Ana Maria está incluído entre os 11 setores que receberão drenagem e pavimentação prevista no Termo de Cooperação firmado junto ao Governo do Estado.

Conforme a nota, até que os serviços definitivos sejam executados, todos os setores receberão manutenção periódica conforme a necessidade. A nota afirma ainda que uma equipe da Secretaria de Infraestrutura irá no Setor Ana Maria para averiguar a situação e definir as providências a serem adotadas.

Comentários pelo Facebook: