Seet
Sobral – 300×100

Moradores e crianças indígenas plantam árvores nas margens do Rio Lontra

Agnaldo Araujo - |
Fotos: AF Notícias
As plantas foram plantadas às margens do Rio Lontra

Márcia Costa//AF Notícias

Em comemoração a Semana Internacional do Meio Ambiente, a Associação Guardiões do Rio Lontra promoveu um plantio de mudas de árvores nativas na mata ciliar do rio. A ação em prol da preservação, realizada no último sábado (03), contou com a participação dos moradores do Bairro JK e das crianças indígenas da casa dos índios.

O objetivo da ação foi contribuir com a preservação do meio ambiente, para evitar a poluição, o desmatamento e melhorar a qualidade de vida da população que mora nas margens do Rio Lontra. Cerca de 70 mudas de árvores foram plantadas, como Cedrinho, Pau Brasil, Cajuí, Jatobá, Xixá e Barú.

Na oportunidade, moradores reforçaram a importância do poder público em ajudar os moradores na luta a favor da preservação do Rio Lontra. Também relembraram os motivos que têm provocado o desmatamento da mata ciliar do Lontra, como a erosão e poluição da água.

Rio Lontra

Por várias vezes os moradores flagraram peixes mortos dentro do Rio Lontra. O motivo da mortandade é a poluição causada por esgotos sem tratamento que são despejados na água. Os moradores atribuem a maior responsabilidade à BRK Ambiental/Saneatins. A empresa tem afirmado que o esgoto jogado no rio é tratado.

No dia 16 de maio uma audiência pública com vereadores debateu as possíveis causas do problema e as soluções.

Comentários pelo Facebook: