Motorista que atropelou e matou estudante é indiciado por homicídio culposo

Agnaldo Araujo - | - 943 views
Foto: Divulgação
Larissa Vitalino Cortes

A Polícia Civil indiciou o motorista que atropelou e matou a estudante Larissa Vitalino Cortês, de 12 anos, por homicídio culposo e excesso de velocidade.

O acidente ocorreu no dia 11 de abril em Araguaína, norte do Tocantins, no momento em que a adolescente atravessa a Rua Alfredo Nasser, no Bairro São João. Larissa estudava no Colégio Guilherme Dourado e estava retornando para casa após sair da aula.

Segundo a Polícia Civil, a perícia confirmou que Edson Tavares dos Santos, de 64 anos, estava acima da velocidade máxima permitida para o local quando ocorreu o acidente. Ele trafegava a 30 km/h, mas no trecho é permitido apenas 20 km/h.

O idoso estava em uma caminhonete D10, permaneceu no local e se apresentou à polícia depois do ocorrido. Larissa foi arrastada por 14 metros e morreu antes de o socorro chegar.

Conforme o delegado Luís Gonzaga da Silva Nero, responsável pelas investigações, Edson foi imprudente na direção do veículo e pode ser condenado a 5 anos de prisão.

O caso foi encaminhado à justiça para as medidas cabíveis, e Edson deverá aguardar o processo em liberdade.

Veja mais…

Estudante de 12 anos é atropelada e morre em frente a colégio em Araguaína

Comentários pelo Facebook: