MPE reúne corregedores e vai acompanhar apuração da morte de sargento em Palmas

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O sargento José Maria Rodrigues de Almeida

O Ministério Público Estadual informou que vai acompanhar a apuração da morte do sargento José Maria Rodrigues Amorim, que foi alvejado por três tiros numa ação envolvendo um delegado e três agentes da Polícia Civil em Palmas.

O promotor de justiça responsável pelo controle externo da atividade policial em Palmas, Fábio Lang, recebeu na tarde dessa sexta-feira (27) na sede do MPE na capital, a visita dos corregedores-gerais da Polícia Civil, Fábio Augusto Simon, e da Polícia Militar, coronel Henrique de Souza Lima Jr.

Na pauta da reunião esteve o assunto da morte do sargento e ficou definido que as duas corregedorias vão redigir uma nota conjunta informando sobre os fatos e as providências que devem ser tomadas por ambas.

O MPE informou que vai acompanhar o caso através de atuação conjunta da Promotoria de Controle Externo e do Grupo Especial de Controle Externo da Atividade Policial (Gecep).

Ainda nesta sexta-feira (27), o Gecep encaminhou ofício à corregedoria-geral da Polícia Civil solicitando informações preliminares sobre os supostos fatos e se já foi instaurado procedimento administrativo e/ou inquérito policial.

Também solicitou ao Comando Geral da Polícia Militar informações preliminares sobre os possíveis acontecimentos.

Leia mais

Sargento foi alvejado a tiros de fuzil e pistola .40, diz Comando Geral da Polícia Militar

SSP afirma que sargento reagiu e apontou arma para policiais; APRA nega versão

Delegado da Polícia Civil atira em sargento da PM em bar na zona sul de Palmas

Comentários pelo Facebook: