MTE reconhece Sindicatos dos servidores da Justiça e dos Contabilistas do Tocantins

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Ministério do Trabalho e Emprego reconheceu os dois sindicatos

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) reconheceu dois sindicatos no Tocantins através do deferimento do pedido de registro sindical. A partir de agora, o Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Tocantins (Sinsjusto) e o Sindicato dos Contabilistas no Estado do Tocantins (Sindicont) detêm, além da personalidade jurídica, a personalidade sindical. Os documentos foram publicados no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 1º de fevereiro.

O reconhecimento contou com o trabalho e o empenho da Força Sindical-TO e da Fesserto (Federação dos Sindicatos de Servidores Públicos do Tocantins).

“Para nós, é uma alegria poder ajudar estes importantes sindicatos organizados a estarem regulares. Agora, eles estão 100% aptos a representares as suas categorias”, destacou o presidente da Fesserto e da Força Sindical-TO, Carlos Augusto Melo de Oliveira (Carlão).

A Carta Sindical é o documento formal emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, o qual dar-se reconhecimento para a representatividade na base territorial a qual a entidade classista exerce suas atividades.

Foto: Divulgação
Presidente do SINSJUSTO, Fabrício Ferreira e o presidente da FESSERTO e FORÇA SINDICAL, Carlos Augusto

“É com grande alegria que, hoje, saímos da escuridão no quesito registro sindical. O SINSJUSTO hoje toma personalidade sindical, no âmbito do MTE. Isso não quer dizer que sua existência de 25 anos, não havia personalidade representativa, o que se entrega agora é a personalidade sindical, pois a jurídica existe deste de sua fundação. A Carta Sindical apresenta-se como um marco histórico para esta entidade representativa”, destacou o presidente Fabrício Ferreira.

“Vivemos estes mais de 25 anos sem arrecadação de verbas compulsórias do imposto sindical. Mesmo assim, construímos uma organização, a partir da colaboração direta dos trabalhadores, e hoje possuímos uma sede própria, uma sede social organizada e acolhedora, além de carros próprios e serviços disponibilizados aos sindicalizados, tais como plano de saúde e convênios nas mais diferentes áreas, e isso é mérito dos nossos filiados, pois sem os filiados o SINSJUSTO não é nada. Dedico essa vitória a todos os servidores do Poder Judiciário do Estado do Tocantins”, ressalta o presidente.

O presidente do Sindicont, Antônio Novaes, também ressaltou o empenho de Carlão para legalizar o Sindicato dos Contabilistas. “Carlão abriu as portas do Ministério do Trabalho em Brasília e conseguiu resolver nosso problema. Só tenha agradecer a esse grande líder, um verdadeiro parceiro das entidades sindicais”, frisou Novaes.

Comentários pelo Facebook: