Mulher é acusada de premeditar morte de idosa para ficar com cartão bancário

Redação AF -
Foto: Divulgação
Deuzirene Rodrigues Alves, de 33 anos.

Deuzirene Rodrigues Alves, de 33 anos, foi presa na manhã de sexta-feira (2) por agentes da Delegacia Interestadual de Polinter e Capturas, acusada de matar uma idosa para ficar com o cartão bancário. Deuzirene já foi julgada e condenada pelo crime, mas estava foragida da Justiça.

Conforme a delegada Suraia Carvalho Vilela, no dia 13 de setembro de 2009, Deuzirene esfaqueou Rosalyes Fernandes Souza, 71 anos em sua casa, situada no Setor Santa Bárbara, região sul de Palmas (TO). O crime ocorreu porque a vítima queria um cartão de sua propriedade de volta, mas Deuzirene se recusava a devolver.

Conforme apontaram as investigações da Polícia Civil, a mulher premeditou o crime, rondando a residência da vítima, esperando e a melhor hora para atacá-la. Quando teve a oportunidade de estar só com Rosalyes, a autora o esfaqueou na região do abdômen, causando-lhe lesões que a levaram a morte. Após a prática do crime, a acusada fugiu tomando rumo ignorado.

Deuzirene foi recolhida à carceragem da Unidade Prisional Feminina de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Comentários pelo Facebook: