Seet
Sobral – 300×100

Multa do transporte clandestino pode aumentar mais de 450% em Araguaína

Redação - |
Foto: Divulgação
Representantes da prefeitura e vereadores discutiram problemas no trânsito da cidade

Márcia Costa // AF Notícias

A Câmara Municipal de Araguaína discutiu os problemas relacionados ao trânsito durante a sessão desta segunda-feira (06), atendendo a requerimento do vereador Divino Bethânia (PROS). Estiveram presentes o presidente da Agência de Segurança de Trânsito e Transporte (ASTT), Fábio Astolfi, e o diretor de Engenharia e Planejamento, Rômulo Pereira da Silva.

Os vereadores questionaram os responsáveis pelo trânsito sobre a pintura desgastada das faixas de pedestres e a ausência de sinalização vertical e horizontal. Em resposta, o presidente da Agência culpou a empresa responsável pela sinalização viária, Neo Consult Comércio e Serviços LTDA, e garantiu que já foi notificada em razão da má qualidade dos serviços. Segundo a ASTT, o total de 11 mil m² de faixas com sinalização horizontal estão sendo refeitos.

“Algumas faixas receberam pintura insatisfatória. Não por causa da gestão atual, mas por causa da empresa que adquiriu um produto defeituoso. Atualmente os serviços estão sendo corrigidos, sem custo nenhum para o município”, disse Altolffi.

Sobre o transporte clandestino, o presidente da ASTT adiantou que a Agência está fazendo um estudo para combater o transporte irregular de passageiros que tem trazido prejuízos não só para os mototaxistas regulares, mas também para o transporte público coletivo.

Um projeto da majoração da multa em breve será apresentado na Câmara, conforme o presidente da Agência. Atualmente, quem é pego fazendo transporte clandestino tem o veículo apreendido e recebe multa de R$ 900,00. A proposta é aumentar o valor para R$ 5 mil. O projeto deve passar pelo Executivo antes de ser encaminhado à Câmara de Vereadores.

O transporte coletivo também deve ser melhorado no município. Conforme Astolffi, algumas empresas que trabalham com o segmento já demonstraram interesse em prestar serviços em Araguaína. Por isso, o transporte público da cidade já está em licitação.

Comentários pelo Facebook: