Seet
Sobral – 300×100

Nove pessoas são presas acusadas de tráfico de drogas no Bico do Papagaio

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação/SSP
Os nove presos são suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas

A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta sexta-feira (14/10), vários mandados de busca e apreensão e mandados de prisão preventiva contra supostos integrantes de uma quadrilha especializada no tráfico de drogas que agia, há alguns meses, em municípios da região do Bico do Papagaio, no Tocantins.

Durante a ação, que foi deflagrada nos municípios de Augustinópolis, Axixá, Esperantina e Imperatriz (MA), sob o comando do Delegado Regional Eduardo Morais Artiaga, foram presos Alisson Vinicius Pereira de Brito, 19 anos; Genilson da Silva Santos, 23; Geilson da Silva Santos, 28; Ângela Maria da Silva, 40; Marcelo da Costa Pereira, 21; João Vitor Pereira da Cruz, 21; Washingtoneyde Alves de Vasconcelos, 37; Guilherme Wendel Ribeiro da Silva, vulgo “Curinga” e Antônio Railson Chaves Arnold, ambos com 22 anos. Todos foram por suspeitas de tráfico de drogas.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, os policiais civis também apreenderam, em poder de Ângela Maria, em Axixá, aparelhos celulares e R$ 600,00. Em Imperatriz (MA), os agentes da 10ª DRPC, apreenderam em poder de Genilson da Silva, R$ 5 mil, um cheque preenchido no valo de R$ 17 mil, dois recibos de um veículo saveiro, uma motocicleta, algumas peças de motocicletas, uma pirâmide de som e um veículo VW Saveiro, Cross, 2012, em nome de Genilson da Silva Santos.

Ao fazer uma busca no interior do carro, os policiais civis localizaram e apreenderam 25 pedras de crack acondicionadas em papel alumínio, além de porções de cocaína, em papelotes plásticos. Diante das evidências, Genilson também foi preso e autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Em continuidade às buscas, os policiais civis deslocaram-se até o município de Esperantina e, ao dar o cumprimento do mandado de prisão de WashingtoNeyde Alves, os policiais civis encontraram com ele 1 kg de maconha. Desta maneira, o indivíduo também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Conforme o delegado Artiaga, as ações da operação tiveram início em julho de 2016, devido a levantamentos realizados pelo setor de inteligência da 10ª DRPC, os quais apontavam para o envolvimento dos suspeitos presos na comercialização de drogas em vários municípios do Bico do Papagaio. “Já tínhamos fortes indícios de que os indivíduos presos nesta sexta-feira estavam atuando de forma sistemática na venda de entorpecente em municípios da região do Bico do Papagaio e que os mesmos buscavam drogas em Marabá (PA), e Imperatriz (MA), para distribuir em nosso Estado e, dessa maneira, representamos, junto ao Poder Judiciário, pela prisão dos envolvidos”, pontuou o delegado.

Todos os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Augustinópolis e, após os procedimentos cabíveis, foram recolhidos à carceragem da Cadeia Pública daquele município.

Ainda segundo o delegado, além dos nove presos, os policiais civis também deram cumprimento a mandados de prisão preventiva de Maria Aparecida Pessoa Lima, Ana Cláudia Teixeira Lima, Artenys Ferreira Aguiar, e Valéria Pereira da Silva, os quais já haviam sido presas pela Polícia Civil e tiveram a prisão preventiva decretada pelo envolvimento com o tráfico e associação para o tráfico de drogas. (SSP)

Comentários pelo Facebook: