Sobral – 300×100
Seet

Novos diretores escolares serão escolhidos pela competência e qualificação

Agnaldo Araujo - |
Foto: Elias Oliveira
A seleção deve ser realizada ainda em 2017

Os diretores escolares da rede estadual de ensino do Tocantins agora serão escolhidos por meio de processo seletivo. O edital de seleção já foi publicado e as inscrições podem ser feitas de 05 a 15 de dezembro, exclusivamente pela internet.

A seleção será composta por quatro fases. A primeira etapa será a avaliação de competência técnica, por meio de prova objetiva, com caráter eliminatório e classificatório, que está prevista para ser aplicada no dia 15 de outubro. A banca nesta etapa é a Comissão Permanente de Seleção (Copese) da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Os candidatos que necessitarem de atendimento especial para a prova poderão solicitá-lo à respectiva Diretoria Regional de Educação onde está lotado, nos dias 18 e 19 de setembro, mediante entrega de documentos comprobatórios da necessidade. A divulgação dos locais de provas e das respostas às solicitações de atendimento especial será no dia 29 de setembro.

A segunda fase é a apresentação do plano de gestão escolar e a terceira é a apresentação de títulos. Ambas as etapas devem ser cumpridas no dia 10 de novembro. A última etapa será a entrevista, quando será avaliado o conhecimento do candidato sobre gestão escolar, a experiência acadêmica e profissional e a argumentação em relação à aplicabilidade do plano de gestão. As entrevistas devem ocorrer de 06 a 12 de dezembro de 2017.

A homologação do resultado final do certame está prevista para o dia 21 de dezembro de 2017.

A secretária estadual de Educação, professora Wanessa Zavarese Sechim, ressaltou a contribuição do processo seletivo para a qualidade da educação na rede estadual. “A finalidade maior é a valorização do servidor efetivo, buscando aqueles com melhor perfil para o exercício da função de diretor de unidade escolar, que demonstrem maior conhecimento e experiência em gestão escolar. Por consequência, isso culminará no fortalecimento do processo de ensino aprendizagem na rede estadual”, frisou.

FORMAÇÃO

De acordo com a secretária, os gestores selecionados passarão por formação nos primeiros meses de 2018. “Também é objetivo do Governo do Estado promover a qualificação contínua e permanente daqueles que irão exercer a função de diretor escolar. Para isso, já iniciaremos capacitação específica para diretores escolares no início do próximo ano letivo”, disse.

QUEM PODE PARTICIPAR DA SELEÇÃO

Para concorrer ao processo seletivo é necessário:

Ser servidor efetivo, ocupante do cargo de professor, do plano de cargos, carreiras, e remuneração dos profissionais da Educação, (Lei 2.859, de 30 de abril);

Ter sido aprovado no estágio probatório;

Possuir licenciatura plena ou bacharelado com complementação pedagógica;

Ter, no mínimo, três anos de experiência como docente; e

Ter disponibilidade para dedicação exclusiva à função pretendida.

DÚVIDAS

Os interessados poderão solicitar informações sobre a prova objetiva à Copese, por meio do telefone (63) 3232 8045 ou por e-mail: copese@uft.edu.br. Em caso de dúvidas em relação às etapas II, III e IV (plano de gestão escolar, apresentação de títulos e entrevista) o candidato deverá entrar em contato com a Seduc, por meio do telefone (63) 3218-5811 ou via e-mail: processoseletivodediretores@seduc.to.gov.br.

O edital está disponível aqui.

Comentários pelo Facebook: