Sobral – 300×100
Seet

Obras de construção do Anel Viário de Araguaína devem ser iniciadas ainda este ano, prevê Dimas

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Prefeito de Araguaína Ronaldo Dimas

A licitação para construção do Anel Viário de Araguaína (TO) deve ocorrer ainda nesse primeiro semestre do ano. A informação foi dada pelo prefeito Ronaldo Dimas (PR) durante o programa de rádio semanal “Fala prefeito”, veiculado nesta segunda-feira (14/03).

Segundo Dimas, a previsão é que as obras demorem uns dois anos para serem executadas, mas a intenção é que sejam iniciadas ainda este ano. “Desde o início da gestão que nós estamos trabalhando esse projeto. Nós acertamos que o Município faria os projetos e doaria para que o DNIT, Ministério dos Transportes, pudesse analisá-los e licitar”, explicou.

No início do mês de março, Dimas reuniu-se com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos, momento em que apresentou os projetos para a construção do anel viário. No programa, Dimas falou explicou também para os ouvintes sobre as parcerias entre o Município e os governos Estadual e Federal.

Parceria Governo do Estado

No mês de fevereiro, Dimas se encontrou com o governador Marcelo Miranda para definir a continuidade das obras de recuperação em vários setores de Araguaína. “A expectativa nossa é de que as obras realmente se iniciem no prazo em que ficou acertado. Ou seja, 30 dias, que vai vencer, aproximadamente, no dia 15, 20 de março”, comentou o prefeito.

Ainda de acordo com Dimas, o convênio com o Governo Estadual vai beneficiar os bairros mais populosos como o São João, Araguaína Sul, Tereza Hilário, Raizal, Morada do Sol e Ana Maria. “A população encontra-se ansiosa, assim como nós, para que as obras sejam retomadas o mais rápido possível”, destacou.

“Eu espero que até lá todos os procedimentos burocráticos tenham sido realizados pelo Estado para que o governador possa vir à cidade e nós juntos possamos anunciar o reinício de obras que são muito importantes para a nossa cidade”, afirmou Dimas.

Parceria Governo Federal

Dimas destacou a importância da parceria do Município com o Governo Federal. “Uma situação é essa, de estar aberto para todo e qualquer tipo de parceria. Mas a principal ação é você ter no mínimo o projeto”, pontuou.

O prefeito exemplificou usando o caso do Anel Viário. “A responsabilidade do projeto seria do DNIT, mas o próprio DNIT por dificuldades de recursos naquele momento, por não ter recursos específicos para isso, solicitou ao Município que fizesse. Nós fizemos a licitação e estamos bancando o projeto e doando para o DNIT” pontuou.

Ao final, o prefeito ainda falou sobre a importância do Município buscar os recursos com projetos consistentes e técnicos. “Então, é uma parceria extremamente positiva para o Município. Você tem que estar com o projeto certo e alinhado com as diretrizes de cada Ministério para que os recursos saiam”, explicou Dimas.

 

Comentários pelo Facebook: