Oito vereadores de Palmas devem disputar novos cargos nas eleições de outubro

Agnaldo Araujo - | - 690 views
Foto: Montagem AF Notícias
Dos oito vereadores que devem disputar as eleições de outubro, seis estão no seu primeiro mandato

Nielcem Fernandes // AF Notícias

Ao menos oito dos 19 vereadores da Câmara Municipal de Palmas devem disputar novos cargos nas eleições de 7 de outubro.

Os vereadores Tiago Andrino (PSB) e Diogo Fernandes (PSD) são os únicos que irão concorrer ao mandato de deputado federal.

Os outros sete parlamentares vão tentar uma das 24 vagas na Assembleia Legislativa do Estado. São eles:

1 – O presidente da Câmara, investigado e preso por dois dias na 2ª fase da Operação Jogo Limpo, José Lago Folha Filho (PSD), por suspeita de integrar um esquema criminoso que desviou R$ 7 milhões da Prefeitura de Palmas através de convênios entre entidades esportivas e a Fundesportes, em 2014, na gestão do seu aliado político, o ex-prefeito Amastha.

2 – O vice-presidente da Câmara e filho do atual vice-governador do Estado, vereador Léo Barbosa (SD). Enquanto Folha estava preso, Barbosa assumiu internamente a presidência da Casa de Leis e determinou a instauração da CPI do PreviPalmas, que investigará possível rombo de R$ 50 milhões no Instituto de Previdência em razão de investimentos temerários e ilegais em fundos podres, também na gestão Amastha. Folha estava travando a CPI desde o ano passado.

3 – Os demais são os vereadores Felipe Martins (PSC); Ivory de Lira, que já chegou a assumir, como suplente, uma cadeira na AL no lugar do deputado Júnior Evangelista (PSC); Júnior Geo (PROS) e Vanda Monteiro (PSL).

Dos oito vereadores postulantes a novos cargos, seis foram eleitos para o primeiro mandato em 2016: Leo Barbosa (SD), Tiago Andrino (PSB), Filipe Martins (PSC), Vanda Monteiro (PSL), Diogo Fernandes (PSD) e Ivory de Lira (PPL).

Em menos de dois anos de mandato, os vereadores já pretendem alçar voos mais altos na carreira política.

Comentários pelo Facebook: