Seet
Sobral – 300×100

Osvaldo Reis, do PMDB, apoia Dimas e diz sentir vergonha de deputado federal investigado na Lava Jato

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Aliado de Marcelo Miranda, Osvaldo Reis faz oposição aos candidatos do Palácio Araguaia

Osvaldo Reis é um peemedebista histórico e forte aliado do governador Marcelo Miranda (PMDB), mas surpreendeu a base governista ao deixar de apoiar os candidatos Olyntho Neto (PSDB) e Valderez (PP), que são ligados ao grupo Miranda, para apoiar a reeleição de Ronaldo Dimas (PR), em Araguaína. Reis foi deputado federal por seis mandatos, ex-presidente regional do PMDB e é um assíduo frequentador das reuniões políticas do candidato Dimas.

Nas reuniões, o ex-deputado faz questão de afirmar que durante toda sua vida pública, durante mais de 20 anos, nunca esteve envolvido em escândalos. “Eu desafio quem aponte alguma coisa contra Osvaldo Reis. Esse palanque é limpo! Araguainenses não podem andar de marcha ré”, disse Reis fazendo referência a supostas irregularidades praticadas pelos adversários.

Osvaldo Reis foi incisivo ao afirmar que sente vergonha de deputado federal que recebe dinheiro para burlar o patrimônio público. “Eu sinto vergonha de um homem que assume como deputado federal e recebe dinheiro para burlar o bem público confiado a ele, e se envolve em escândalos como a Lava Jato. Por seis mandatos, eu sempre respeitei o povo”, afirmou. A fala do ex-deputado foi uma crítica direta ao deputado federal Lázaro Botelho (PP), esposo da candidata Valderez Castelo Branco, que é um dos alvos da Operação Lava Jato.

De acordo com as investigações da Polícia Federal e depoimentos dos delatores, Lázaro Botelho fazia parte do grupo dentro do Partido Progressista que recebia repasses mensais entre R$ 30 mil e R$ 150 mil da “cota” da legenda no esquema de corrupção que atuava dentro da Petrobras.

Apoio a Ronaldo Dimas

Reis também falou sobre seu apoio à candidatura de Dimas. “Já fui prefeito de Araguaína e deputado federal por muitos anos e estou muito longe de fazer as obras do Ronaldo em três anos e meio. Mesmo com a arrecadação no país caindo, Araguaína está produzindo muito bem. Por isso que eu sou 22!”, contou.

Osvaldo Reis ainda reafirmou sua credibilidade na gestão de Dimas: “Não dá para mudar se está dando certo. Conheço a cidade desde 1983, e Dimas foi o melhor prefeito de Araguaína. Sinto muito orgulho de saber que todas as escolas estão climatizadas e das transformações que nossa cidade tem passado. Parabéns, prefeito!”.

Comentários pelo Facebook: