Sobral – 300×100
Seet

Pai, mãe e irmãos de Marcelo Miranda também são alvos de operação ‘Reis do Gado’ da Polícia Federal

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Pai, mãe e irmã de Marcelo Miranda também são alvos

Além do governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), seu pai, José Edmar Brito Miranda, que é ex-secretário estadual de Infraestrutura, sua mãe, Marly de Carvalho, e dois irmãos, Maria da Glória Carvalho Miranda e Júnior Miranda também são alvos da Operação ‘Reis do Gado’, deflagrada nesta segunda-feira (28/11), pela Polícia Federal. Contra todos eles há mandados de condução coercitiva para prestar depoimento na sede da PF em Palmas.

O objetivo da operação é desarticular uma organização criminosa que atuava no Estado praticando crimes contra a administração pública e promovendo a lavagem de dinheiro por meio da dissimulação e ocultação dos lucros ilícitos no patrimônio de membros da família de Marcelo Miranda. A PF informou que o grupo movimentou mais de R$ 200 milhões em lavagem de dinheiro.

O governador Marcelo Miranda não foi encontrado em sua casa, em Palmas. Ele está viajando. O STJ expediu um mandado de condução coercitiva contra o gestor. Já no apartamento de seu pai Brito Miranda, agentes da PF cumpriram mandados de busca e apreensão.

Conforme a PF, a ocultação do dinheiro desviado através de fraudes era feita por meio de transações imobiliárias fraudulentas, contratos de gaveta e manobras fiscais ilegais dentre os quais a compra de fazendas e de grandes quantidades de gado. Parte do valor teve por destino a formação de caixa dois para campanhas realizadas no Estado.

Ainda conforme a PF, os investigados responderão pelos crimes de lavagem de dinheiro, peculato, corrupção passiva, fraudes à licitação e organização criminosa.

Mandados Judiciais

Brasília – 1 mandado de busca e apreensão
Canaã dos Carajás – 2 mandados de busca e apreensão
Caraguatatuba/SP – 1 mandado de busca e apreensão – 1 mandado de prisão temporária
Redenção/PA – 4 mandados de busca e apreensão – 3 conduções coercitivas
Santa Maria/PA – 1 mandado de busca e apreensão
São Felix do Xingu/PA – 6 mandados de busca e apreensão, 2 conduções coercitivas
São Paulo – 1 mandado de busca e apreensão
Sapucaia/PA – 2 mandados de busca e apreensão
Araguaína/TO – 1 mandado de prisão temporária, 10 mandados de busca e apreensão e 2 conduções coercitivas
Palmas/TO – 4 mandados de prisão temporária, 22 mandados de busca e apreensão , 9 conduções coercitivas
Goiania/GO – 3 mandados de prisão temporária, 27 mandados de busca e apreensão, 7 conduções coercitivas

Veja também

Mais de R$ 200 milhões foram ‘efetivamente lavados’ através da compra de gado e de fazendas no Pará

Comentários pelo Facebook: