Passeio ciclístico de Araguatins a São Bento é inserido no calendário de eventos do Tocantins

Redação AF - |
(Foto Divulgação)
O passeio envolve um trajeto de cerca de 50 km

O Passeio Ciclístico Ecológico de Araguatins a São Bento do Tocantins, que envolve um trajeto de cerca de 50 km, agora faz parte do calendário oficial de eventos do Estado do Tocantins. A Lei nº 3.240, aprovada pela Assembleia Legislativa, foi sancionada pelo governador Marcelo Miranda e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 18 de julho.

Promovido anualmente no terceiro domingo de março, o passeio ciclístico reuniu em sua 6ª edição, neste ano, mais de 400 ciclistas vindos de vários municípios do Tocantins e também dos estados vizinhos do Maranhão e Pará.

De acordo com o presidente da Associação Ciclística Araguatinense, Antônio Rivail Miranda Parreão, o passeio já recebeu ciclistas de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina. “Com o apoio do Estado vamos ter mais força para divulgar e melhorar a qualidade do evento”,  comemora Parreão.

Responsável pela organização do evento, a Associação aproveita o passeio para promover a conscientização ambiental e ações sociais em prol de crianças com deficiências. Parreão espera que a medida resulte em mais apoio para a realização do evento, atraia ciclistas profissionais e, com isso, possa ampliar a contribuição social que traz para a comunidade local.

Além de incentivar a prática de atividades físicas, eventos esportivos ajudam a fomentar o turismo e a economia local. O esporte pode ser uma das principais motivações para viajar, seja de competidores ou de amantes dos esportes.

James Possapp, superintendente de Desenvolvimento Turístico da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), aponta que o cicloturismo, enquanto modalidade do turismo de aventura, possibilita um contato mais próximo entre o turista e natureza, permitindo que o praticante deixe de ser apenas um contemplador para se tornar parte do cenário e que este é um dos grandes potenciais do Tocantins. “Nós temos um ambiente muito favorável à prática dessas atividades e é um segmento muito relevante para o Estado”, considera.

O projeto que resultou na lei aprovada na Assembleia é de autoria do deputado estadual Rocha Miranda.

Comentários pelo Facebook: