Sobral – 300×100
Seet

Pastor pede que fiéis boicotem Globo por ‘apoiar o ativismo gay e destruir a família’

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Pastor reunido com fiéis na igreja

Márcia costa//AF Notícias

A Igreja do Evangelho Quadrangular do setor Raizal, em Araguaína (TO), criticou publicamente a programação da rede Globo voltada para ideologia de gênero e pediu aos fiéis que boicotem a audiência da emissora. Durante culto ocorrido no dia 15 de outubro, o pastor Clodoaldo Pereira orientou os fiéis a desligarem o canal da Globo.

O boicote, segundo o pastor, é em razão da emissora apoiar eventos como a ‘exposição de arte’ envolvendo um homem nu e uma criança. O líder religioso acredita que o caso é uma ‘propagação da pedofilia’.

Outros temas polêmicos apoiados pela emissora também são repudiados pela igreja, como a ideologia de gênero, ativismo gay e incentivo ao homem a não ter sexo, “sem bases psicológicas e nem científicas”, diz o pastor. “São assuntos que desconstroem a família e nós nos sentimos agredidos”, afirmou.

Para a igreja, a Rede Globo adota posições contrárias aos valores morais e familiares. Um vídeo registrado mostra o momento da manifestação dos fiéis em Araguaína. “Em respeito à família brasileira, nós desligamos a nossa audiência da Rede Globo, porque queremos uma família na presença de Deus. Porque queremos nossas crianças livres de todos esses ataques que destroem os bons costumes”, afirmam todos em coro seguindo o pastor.

O senador e pastor Magno Malta (PR-ES) compartilhou o vídeo em sua rede social e reforçou o pedido contra a TV Globo. Ele também afirmou que o pastor em Araguaína deu um ‘exemplo a ser seguido’.

O vídeo está com quase 60 mil visualizações e milhares de comentários.

ASSISTA AO VÍDEO

Comentários pelo Facebook: