Seet
Sobral – 300×100

Pavimentação asfáltica não contempla todas as ruas do Setor Araguaína Sul

Agnaldo Araujo - |
Foto: AF Notícias
O presidente da associação de moradores do Araguaína Sul II esteve pessoalmente na Câmara

Márcia Costa//AF Notícias

O presidente da associação de moradores do setor Araguaína Sul II, Raimundo Martins Vieira, usou a tribuna da Câmara Municipal de Araguaína, nesta segunda-feira (21), para reivindicar pavimentação asfáltica e drenagem em todas as ruas do setor, já que algumas não serão beneficiadas com os serviços que estão sendo executados.

As obras em andamento no setor fazem parte de financiamento do Governo do Estado no valor de R$ 44 milhões, que beneficia também outros setores.

O presidente da associação afirmou que os moradores sofrem com os buracos e problemas de infraestrutura há mais de 22 anos e, por isso, não é aceitável que apenas parte do setor seja beneficiado.

“Descobrimos agora que algumas ruas não estão no cronograma de serviço, a exemplos das ruas Macaúba, Guaíba, Craviúna e Pau Brasil. Não queremos mais ser enganados. Vem prefeito, chega prefeito, fala que vai fazer e nada. A comunidade está indignada. Esperamos que os vereadores nos ajudem. Comerciantes e moradores não têm mais como esperar”, disse.

O presidente da Comissão de Fiscalização de Obras Inacabadas em Araguaína, vereador Wagner Enoque (PRB), afirmou que já esteve pessoalmente com o engenheiro da Construtora CCB, André Diniz Carvalho, cobrando explicações sobre os serviços no bairro. Segundo o vereador, há verba suficiente para asfaltar todo o setor.

“Precisamos saber o que aconteceu em relação a essas quatro ruas que não estão no cronograma. Não existe serviço pela metade. Todos os moradores precisam ser beneficiados. Temos que convidar o engenheiro dessa obra para dar explicações sobre o projeto, esse é nosso dever como parlamentar. Aproveito para parabenizar o senhor Raimundo Martins pela forma legítima de protestar”, pontuou Wagner Enoque.

Raimundo Martins apresentou aos vereadores um documento com 250 assinaturas de moradores pedindo explicação sobre o motivo para as ruas não estarem no cronograma de obras.

Sobre a obra

A obra de pavimentação do setor Araguaína Sul II está sendo custeada com financiamento do Governo do Estado. O termo de cooperação assinado entre a prefeitura e o Governo garante um montante de R$ 44 milhões para ser investido no setor e outros bairros. As obras são de pavimentação asfáltica, drenagem e recuperação de ruas.

Em 2016, o serviço foi iniciado e paralisado por falta de repasses, mas as obras foram reiniciadas em 2017.

Foto: AF Notícias
Vereador Wagner Enoque

Comentários pelo Facebook: