Seet
Sobral – 300×100

PF faz buscas em endereços do prefeito de Palmas Carlos Amastha; operação investiga fraudes em licitações

Agnaldo Araujo -
Foto: Cassiano Rolim/TV Anhanguera
A PF começou o dia cumprindo os mandados

A Polícia Federal faz buscas e apreensões nos endereços do prefeito reeleito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), na manhã desta quinta-feira (10/11). A determinação é do juiz federal Klaus Kuschel, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília.

A investigação é referente a possíveis crimes cometidos contra a lei de licitações para a construção do BRT da capital, no valor aproximado de R$ 260 milhões.

A PF informou que estão sendo cumpridos 10 mandados de condução coercitiva e 12 de buscas e apreensão nos Estados do Tocantins, Paraná e Santa Catarina. Entre os investigados ainda estão o secretário municipal de Finanças, Cláudio Schuller, e o procurador-geral do Município, Públio Borges, além de donos de imobiliárias e donos de terras.

O mandado, proferido nesta quarta-feira (09/10), determina busca e apreensão de “todos os documentos, mídias e dispositivos que tenham informações pertinentes à investigação, franqueando amplo acesso à autoridade policial do conteúdo desses dispositivos para fins exclusivamente investigativos”.

O prefeito de Palmas está em Barcelona, na Espanha. Por meio das redes sociais ele disse que os policiais não vão encontrar nenhum erro proposital nas licitações da prefeitura. “Ninguém interfere. Muito menos o prefeito. Respeitamos”, pontuou.

Ele ainda afirmou que a investigação parece “denúncia montada”. “Pelo que fiquei sabendo até agora, não faz sentido nenhum. Parece denúncia montada dos proprietários das grandes áreas. Esperemos detalhes”, afirmou. (Com informações – CT)

Postagens do prefeito

post1

Comentários pelo Facebook: