Sobral – 300×100
Seet

PF prende hackers que clonaram site das Americanas para cometer fraudes

Redação AF - |
Foto: AF Notícias
Homens foram presos após investigação da Polícia Federal

Márcia Costa // AF Notícias

Investigação da Polícia Federal de Araguaína resultou na prisão de pessoas supostamente envolvidas em fraudes pela internet, na tarde desta quarta-feira (18). Os presos foram Thales dos Santos Mesquita e Wiliansmar da Silva Miranda.

Conforme a PF, eles fazem parte de um grupo de hackers especializado em cometer fraudes nas compras virtuais. Além dos dois, mais quatro pessoas foram encaminhadas à delegacia para prestar depoimento e liberadas em seguida.

A investigação da Polícia Federal está sendo realizada há cerca de 30 dias. Segundo a PF, o grupo tinha acesso aos dados cadastrais bancários dos clientes e usavam esses dados para fazer compras na internet de forma fraudulenta. De acordo com o delegado Alan Reis Miranda, o grupo conseguiu também clonar a página das Lojas Americanas, bem como confeccionar um site russo para a venda de mercadorias.

As mercadorias compradas eram destinadas a endereços diferentes em Araguaína para evitar que chamasse a atenção das pessoas e da polícia. Para pegar essas mercadorias, eles ofereciam celulares às pessoas que recebiam. A PF informou que uma carga recebida tinha em torno de 15 celulares, eles pegavam os produtos e revendiam por preços menores.

As compras fraudulentas eram feitas na maioria das vezes no site Extra. A Polícia Federal apreendeu com o grupo TV’s, celulares e aparelhos de som automotivo. O grupo responderá pelos crimes de receptação qualificada, associação criminosa e estelionato.

Comentários pelo Facebook: