Sobral – 300×100
Seet

Plataforma Mapas Culturais utilizada no Tocantins será adotada em território nacional

Redação AF -
Foto: Manoel Junior

 

Implantada no Tocantins pela Secretaria de Estado da Cultura em parceria com o Instituto Tim no mês de julho de 2015, a plataforma Mapas Culturais será utilizada, agora, em todo território nacional por meio de acordo de cooperação técnica firmado entre a Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (SPC/MinC), o Instituto Tim e a Tim Celular. O acordo foi publicado no último dia 7 no Diário Oficial da União.

De acordo com a SPC/MinC a cooperação entre os dois mecanismos visa apoiar o Sistema Nacional de Cultura (SNC) e promover tecnologias de informação e comunicação para o Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC). Um dos objetivos do acordo é ampliar a utilização da plataforma Mapas Culturais pelo SNIIC. Ainda segundo a SPC/MinC o acordo disponibilizará suporte técnico para o MinC utilizar a plataforma e fornecê-la a governos estaduais e municipais, incluindo a capacitação dos gestores.

O Mapa Cultural do Tocantins está disponível no endereço: mapa.cultura.to.gov.br e facilita não só a encontrar ações culturais, mas também entrar em contato com quem as faz. O cadastro pode ser realizado por agentes públicos e por agentes culturais de maneira colaborativa. No Tocantins já existem mais de 400 cadastros na plataforma, entre agentes, espaços e projetos culturais.

Mapas Culturais

A plataforma Mapas Culturais surgiu de uma parceria entre o Instituto Tim e a Prefeitura de São Paulo, em 2013, com o intuito de dar mais qualidade à gestão cultural do município. A partir de 2014, Mapas Culturais passou a ser adotado gratuitamente por outros municípios e estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Ceará, Blumenau-SC, São José dos Campos-SP e Sobral-CE. A ferramenta Mapas Culturais permite organizar informações sobre agentes culturais, atividades e locais relacionados a cultura em um município ou região, fazendo um mapeamento desses dados.  (Fernanda Veloso)

Comentários pelo Facebook: