Sobral – 300×100
Seet

PM prende seis homens e recupera cinco motos em três dias em Araguaína

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação/PM
As ocorrências foram registradas no último final de semana

Durante o último final de semana, entre sexta-feira (07/10) e domingo (09/10), a Polícia Militar de Araguaína (TO) apreendeu um simulacro de arma de fogo, um menor infrator, recuperou cinco motos com restrição de furto/roubo e prendeu seis homens suspeitos de praticarem crimes na cidade.

Veículos recuperados

Uma moto NXR Bros com registro de roubo foi localizada por policiais militares em um matagal no setor Tereza Hilário Ribeiro. Outras duas motocicletas Biz, de cor vermelha, foram recuperadas em um matagal no setor Universitário. Dois homens em atitude suspeita também foram detidos na localidade. Os documentos dos veículos foram encontrados com os acusados após busca pessoal.

Um homem, de 27 anos, foi detido na região central de Araguaína no momento em que tentava furtar uma motocicleta Biz. O autor foi encaminhado juntamente com o veículo para a delegacia de plantão da Polícia Civil.

Policiais militares também  apreenderam, no setor Costa Esmeralda, uma moto que estava com a numeração do chassi raspada e motor adulterado. Durante a ação, um adolescente de 17 anos, que transitava no veículo, foi encaminhado à delegacia.

Prisão de homens

Na manhã do sábado (08/10), policiais prenderam um homem, de 22 anos, momentos após roubar um aparelho celular da vítima. A ação ocorreu depois da PM receber informações sobre um roubo ocorrido no Setor Oeste.

No momento da abordagem, o autor ainda tentou dispensar um simulacro de arma de fogo, no entanto, foi detido em flagrante e conduzido par a delegacia de plantão juntamente com o celular recuperado.

Em outra ação, a Polícia Militar prendeu dois suspeitos, 26 e 51 anos, de terem enganado um homem, de 49 anos, em uma agência bancaria da região central de Araguaína e subtraídos R$ 770,00. De posse das informações repassadas pela vítima, equipes da PM localizaram e detiveram os autores que foram reconhecidos pela vítima.

Com eles foram apreendidos vários cartões de bancos, carteiras, celulares, além de R$ 1.486,00. Os autores já têm passagem pela polícia por estelionato.

Comentários pelo Facebook: