Polícia Civil desvenda dois homicídios em Araguaína, mas autor já morreu

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Complexo de delegacias de Araguaína

A Polícia Civil do Estado do Tocantins concluiu, nesta quarta-feira (25), as investigações referentes a dois homicídios ocorridos no dia 02 de novembro de 2014 na Rua Pavão, Setor Maracanã, em Araguaína. As vítimas foram Gerson Luiz Nunes da Silva, de 46 anos e Marislene de Sousa Aguiar.

Conforme o delegado Luiz Gonzaga da Silva, da 2ª Delegacia de Polícia Civil, os dois homicídios teriam sido praticados por Deuziano da Silva Milhomem, de 28 anos.

Segundo apontaram as investigações, o motivo dos crimes teria sido ciúmes de Deuziano em relação a Marislene. Durante uma festa em um bar, Deuziano e Marislene se desentenderam e Gerson tentou interferir, mas acabou esfaqueado no peito do lado esquerdo.

Em seguida, Deuziano também esfaqueou a mulher na altura do pescoço. Contudo, Deuziano foi vítima de homicídio no dia 11 de junho de 2015 no Setor Araguaína Sul, após efetuar o roubo de uma motocicleta.

O inquérito foi relatado e encaminhado ao Poder Judiciário para as medidas legais cabíveis.

Comentários pelo Facebook: