Polícia Civil indicia homem por esfaquear cunhado que estava com bebê nos braços

Agnaldo Araujo - | - 624 views
Foto: Divulgação
Wanderson Vieira da Silva

A Polícia Civil indiciou Wanderson Vieira da Silva Sousa por tentar matar o próprio cunhado a golpes de faca durante uma confusão familiar no dia 19 de junho de 2014, em Araguaína, norte do Estado.

Wanderson deve responder por tentativa de homicídio duplamente qualificada por motivo fútil e sem possibilidade de defesa à vítima, ao esfaqueá-la pelas costas.

As investigações revelaram que a confusão familiar envolveu Wanderson, a mãe dele, o cunhado, identificado como Deuzivan da Silva Araújo, e sua esposa.

Ainda conforme as investigações, Deuzivan teria gritado com a mãe de Wanderson durante a confusão e ele não gostou. Em seguida, o agressor pegou uma faca e desferiu um golpe no braço da vítima.

Deuzivan estava com a filha recém-nascida nos braços e se virou para proteger a criança, momento em que Wanderson desferiu mais dois golpes de faca nas costas da vítima.

Wanderson fugiu do local após o crime. Já Deuzivan foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Regional de Araguaína.

As investigações também revelaram que Wanderson ainda passou a ameaçar Deuzivan com mensagens de texto com o seguinte teor: “Tu não morreu ainda não, mas eu vou terminar o que comecei”.

O caso agora foi encaminhado à justiça para as medidas cabíveis.

Comentários pelo Facebook: