Polícia Civil prende 26 pessoas em operação contra tráfico de drogas no Bico do Papagaio

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação/SSP
Suspeitos presos

A Polícia Civil deflagrou uma grande operação de combate à criminalidade e prendeu mais de 20 pessoas suspeitas de tráfico de drogas em Tocantinópolis, região do Bico do Papagaio, nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (26). A ação teve o objetivo de cumprir mais de 30 mandados de prisão, busca e apreensão e 20 mandados de prisão temporária de pessoas envolvidas nos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A operação envolveu a participação de mais de 70 policiais civis da 2ª Delegacia Regional de Tocantinópolis, 10ª Delegacia Regional de Araguatins, DOT de Palmas, DEIC Norte de Araguaína, do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER-TO) e do Grupo de Operações Tática Especiais (GOTE), tropa de elite da Polícia Civil.

A operação foi comandada pelo delegado regional Thiago Daniel de Morais e teve início às 5 horas da madrugada. Os policiais civis se deslocaram para vários pontos da cidade e iniciaram os cumprimentos das ordens judiciais e apreenderam porções de maconha, munições de uso restrito e ainda três adolescentes infratores.

Por meio do cumprimento de mandados judiciais, foram presos Pedro Henrique Carvalho, 19 anos; Johnnata Gomes, 20 anos; Júlio Alves do Nascimento, 20 anos; Manoel Maurício Pereira, 36 anos; Leomara Feitosa da Silva, 20 anos; Dulcinéia Pereira de Souza, 40 anos; Willian Ronan Alves Maciel, 32 anos; Evelânia de Souza Barros, 25 anos; André Luís dos Santos, 20 anos; Julimar Santos, 34 anos; Poliana Barros dos Santos, 29 anos; Joana Carolina Morais Pereira, 24 anos; Alexandre Dias dos Santos, 23 anos; Antônio Balduíno Matos, 25 anos; Ramon Gomes da Silva, 40 anos; Lucivane Miranda Luiz, 38 anos; Rosilene Rodrigues da Silva, 25 anos; Aldriselha Sousa Chaves, 33 anos e Maria Aparecida Ribeiro Neves.

Além de ser preso, Pedro Henrique Carvalho também foi autuado em flagrante por posse ilegal de munição de uso restrito e tráfico de drogas. Já Júlio Alves também foi autuado por tráfico de drogas e associação para o tráfico. E Alexandre Dias dos Santos também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Todos os presos foram encaminhados à delegacia de Tocantinópolis para as providências legais cabíveis. Logo em seguida, os policiais civis do GOTE foram até a Cadeia Pública de Tocantinópolis, fizeram uma revista geral no local e também deram cumprimento a mais sete mandados de prisão preventiva contra suspeitos que já se encontravam presos pela prática de outros crimes.

Durante a revista realizada na Casa de Prisão Provisória de Tocantinópolis, os policiais civis apreenderam porções de drogas, aparelhos celulares e carregadores. Na referida cadeia, foram cumpridos os mandados de prisão contra Alessandro Barros dos Santos, 20 anos; José Carlos Martins dos Santos Conceição, 29 anos; Emerson Rodrigues dos Santos, 26 anos; Tácio Pereira Marques, 28 anos; Alemão Giovani Mendes da Silva, 29 anos; Aldenir Gomes de Araújo, 21 anos e Thalles Cerejo Coelho, 29 anos.

A operação foi denominada de ‘Famílias Unidas’.

VEJA VÍDEO

Comentários pelo Facebook: