Polícia cumpre mandado de prisão contra representante do PCC no Tocantins

Agnaldo Araujo - | - 794 views
Foto: Reprodução Internet
Um dos suspeitos de ser integrante da Facção está preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão e outro de busca e apreensão contra suspeitos de integrarem uma célula da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), nesta quinta-feira (14) em Palmas. Os integrantes da célula são suspeitos de agirem dentro e fora dos presídios do Tocantins.

O cumprimento dos mandados faz parte da ‘Operação Echelon’, coordenada pela Polícia Civil de São Paulo, em parceria com o Ministério Público e a Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo, que foi deflagrada em 14 estados.

Em Palmas, os mandados foram cumpridos com apoio de agentes da Delegacia de Investigação Criminal (DEIC) que fizeram buscas em uma casa localizada no Jardim Aureny III, zona Sul da capital. Na residência foram apreendidos diversos aparelhos celulares.

O mandado de prisão foi cumprido em desfavor de Leandro Bonfim Albuquerque Souza, de 26 anos, que já está preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas. Leandro é apontado nas investigações como o contato da organização criminosa no Estado.

Segundo informações do G1 Tocantins, nos 14 estados foram cumpridos 75 mandados de prisão e 59 de busca e apreensão. O grupo investigado é responsável por acirrar disputa entre facções no país, elevando o número de assassinatos.

Comentários pelo Facebook: