Polícia prende pistoleiro contratado por marido traído para matar jovem colombiano

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação/SSP
Manoel Henrique Correia

A Polícia Civil do Tocantins prendeu o principal suspeito de assassinar o jovem colombiano Jhowin Holguin Rodrigues, de 20 anos, em um bar de Gurupi, sul do Tocantins. O crime ocorreu no dia 21 de março de 2018.

Manoel Henrique Correia Pires foi capturado na cidade de Senador Canedo (GO), mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, nessa quarta-feira (1º).

Conforme o delegado Hélio Domingos de Assis Pereira, o homem executou o jovem a mando de Joaquim Ribeiro, vulgo “Beguel”, e sua filha Helena Martins Ribeiro. O suspeito fugiu para o Estado de Goiás após o crime e foi localizado após quatro meses de investigação.

Três suspeitos de envolvimento no crime foram presos no dia 29 de maio. Na época, o delgado afirmou que os policiais descobriram durante algumas semanas de investigações que Joaquim Ribeiro teria encomendado a morte do jovem colombiano após descobrir que sua esposa estaria tendo um relacionamento extraconjugal com ele.

Para concretizar o crime, Joaquim teria falado com sua filha Helena Martins para contratar o pistoleiro. Após essas revelações, foi descartada a possibilidade de que o crime tivesse relação com agiotagem, já que a vítima emprestava dinheiro a juros em Gurupi.

Segundo a polícia, Manoel confessou aos investigadores detalhes do crime no momento da prisão, indicando qual a participação de cada um dos envolvidos.

Ele já foi denunciado pelo Ministério Público Estadual por homicídio qualificado.

Veja mais…

Jovem colombiano que atuava como agiota é morto a tiros no sul do Tocantins

Pai e filha arquitetaram morte de jovem colombiano em Gurupi por ser amante da mãe

Comentários pelo Facebook: