Polícia prende suspeitos de homicídio reconhecidos por vítima antes de morrer

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Suspeitos presos

Dois jovens foram presos em Araguaína suspeitos de homicídio contra Jemerson Gomes da Silva, de 23 anos. Ele foi alvejado a tiros dentro de uma residência no Setor Jardim das Flores, no dia 31 de dezembro de 2017, e reconheceu os autores antes de morrer.

Os suspeitos são: Thiago Veras Dias, vulgo ‘Thiago TH’, de 23 anos, e Maike Gomes Costa, de 18 anos. A dupla ainda teria obtido a ajuda de uma terceira pessoa, que está sendo procurada.

Thiago e Maike também são suspeitos de outro homicídio também ocorrido em Araguaína, que está sob investigação.

No momento em que foi preso, Maike estava com aproximadamente 180 gramas de crack para fins de comercialização. Por esse motivo, ele também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Após os procedimentos legais cabíveis, os dois suspeitos foram recolhidos à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) e permanecerão à disposição da justiça.

A prisão dos suspeitos foi realizada por policias civis da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC-Norte), com apoio da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal.

VEJA MAIS…

Vítima de homicídio reconhece autores do crime e informa à polícia antes de morrer

Comentários pelo Facebook: