Sobral – 300×100
Seet

População de Carmolândia vive onda de assaltos e moradores são agredidos com coronhadas e chutes

Agnaldo Araujo - |
Foto: AF Notícias
Posto de combustível assaltado em Carmolândia

Quatro criminosos armados assaltaram um posto de combustível em Carmolândia (TO), por volta das 22h40, do último domingo (28/08).

Testemunhas contaram à Polícia Militar que os assaltantes levaram quatro celulares, cartões bancários, R$ 650,00 em dinheiro, joias, notebook e outros objetos. O bando também agrediu clientes do estabelecimento com golpes de revólver na cabeça (coronhadas), além de chutes e murros. Cinco pessoas foram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento de Araguaína (UPA) com ferimentos na cabeça, entre elas, um ex-prefeito da cidade que abastecia o veículo.

Segundo relatos da população, a situação ficou ainda mais grave devido a falta de policiais na cidade no momento da ação criminosa. A única viatura estaria em outra cidade atendendo ocorrência. Já as duas ambulâncias do Município estavam na oficina com problemas mecânicos. Para socorrer os feridos, a Secretaria de Saúde de Carmolândia enviou um veículo Fiat Uno, que é destinado ao Centro de Referência e Assistência Social (CRAS).

Segundo os moradores, populares usaram seus próprios carros para dar assistência a todas as vítimas.

Onda de assaltos na cidade

A população da cidade vive assustada com a onda de assaltos. Nos últimos dias, bandidos também assaltaram a Agência dos Correios e a Casa Lotérica. O posto de combustível foi alvo pela segunda vez em uma semana.

A Polícia Militar informou que intensificou o patrulhamento em busca dos autores do assalto ao posto de combustível, no entanto, ninguém foi localizado.

Prefeitura de Carmolândia

Em relação ao policiamento na cidade, a prefeitura de Carmolândia informou que o destacamento do município atende também o distrito Novo Horizonte, de Araguaína, e o distrito de Jacilândia, pertencente Araguanã.

Informou ainda que o prefeito da cidade, Sebastião de Gois Barros, já protocolou um ofício, juntamente com a comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar de Araguaína, Tenente Coronel Patrícia Murussi Leite, solicitando a permanência do policiamento somente em Carmolândia.

Já em relação às ambulâncias, a prefeitura informou que em decorrência de estarem quebradas, foi disponibilizado carro para atendimento das vítimas.


Comentários pelo Facebook: