Sobral – 300×100
Seet

População se revolta com onda de assaltos e ações violentas; comércio fechará as portas para mobilização

Redação AF - |
Foto: Fernando Almeida/Araguaína Notícias
Mobilização acontecerá em frente às lojas Liliani, em repúdio à morte do gerente.

A ação criminosa que resultou na morte do gerente das Lojas Liliani, em Araguaína (TO), em plena luz do dia, deixou a sociedade ainda mais perplexa com a onda de violência vivenciada na cidade nos últimos meses. Adriano Inácio da Silva Monteiro, de 29 anos, levou um tiro no peito quando o assaltante deixava a loja, na tarde de segunda-feira (18/07). Ele era casado e tinha dois filhos.

Revoltada, a sociedade civil organizada está convidando os empresários, colaboradores do comércio, entidades representativas e cidadãos a participar de uma mobilização contra a onda de criminalidade em Araguaína, que acontecerá na tarde desta terça-feira, 19, às 16h30, na Avenida Cônego João Lima, em frente às lojas Liliani.

Segundo a organização, a mobilização será em sinal de respeito e luto pela recente morte do gerente Adriano Monteiro, e em repúdio pelos 54 homicídios ocorridos em Araguaína desde o início do ano e à onda de assaltos com ações violentas dos bandidos. O comércio fechará as portas e mobilizará seus colaboradores para a manifestação.

Na oportunidade, os representantes do movimento apresentarão as demais ações reivindicatórias previstas junto ao Governo do Estado que ainda estão em definição.

Revolta

O deputado estadual Elenil da Penha (PMDB) afirmou em sua rede social que o nível de violência na cidade “é mesmo revoltante”. “Eu cobro, eu ligo, eu apresento proposições. É insustentável, o governo tem que agir rápido, pois são graves os riscos que estamos correndo”, afirmou o parlamentar.

O advogado Paulo Roberto da Silva, pré-candidato a prefeito, lamentou o fato de que “mais um cidadão perdeu a vida por inércia dos poderes públicos”. “Quantos vão morrer vítimas de bandidos sem nenhuma atitude enérgica por parte das autoridades? Muitos trabalhadores saem de casa sem a certeza de voltar vivo. Acorda Araguaína”, lamentou.

Vídeo da ação criminosa

Comentários pelo Facebook: