Sobral – 300×100
Seet

Prefeito eleito em Goiatins trava batalha para conseguir assumir o cargo; população está apreensiva

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Sede da prefeitura de Goiatins

O prefeito eleito da cidade de Goiatins, Antônio Luiz Pereira Silveira (PR), está travando uma batalha judicial para garantir a posse no cargo no dia 1º de janeiro de 2017. Ele teve o registro de candidatura deferido e disputou as eleições normalmente, contudo, a Justiça Eleitoral considerou “não prestadas” as suas contas relativas à campanha eleitoral de 2012. Com isso, o prefeito eleito pode não assumir o cargo em razão de não dispor de ‘certidão de quitação eleitoral’.

Antônio Luiz chegou a ingressar com um pedido de anulação da sentença, que foi negado pelo juiz Luatom Bezerra Adelino de Lima, por ter perdido o prazo de recurso. O candidato agora recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO).

No último dia 17, o Ministério Público Eleitoral (MPE) deu parecer contrário ao recurso interposto pelo candidato. O processo se encontra agora com o relator, juiz Agenor Alexandre da Silva. O próximo passo será o julgamento pelo pleno do Tribunal.

A cidade de Goiatins possui 8.261 eleitores, dos quais 79,64% compareceram às urnas nas eleições de 2 de outubro. Três candidatos disputaram a eleição de prefeito na cidade: Antônio Luiz, que obteve 3.126 votos (79,62% dos válidos); Genelice Lima (PMDB), 2.206 votos; e Natalino, 795 votos (20,28%).

Caso o recurso de Antônio Luiz não seja aceito pelo TRE-TO, a cidade terá uma reviravolta política com chances de assumir a segunda colocada no pleito. Enquanto não há definição, a população da cidade está apreensiva.

Comentários pelo Facebook: