Sobral – 300×100
Seet

Prefeitura aguarda recuperação da economia para implantar plano de carreira dos servidores da saúde e quadro geral

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
A prefeitura afirmou que aguarda "momento favorável"para encaminhar plano para a Câmara

A prefeitura de Araguaína afirmou que está apenas aguardando uma recuperação da economia do município para implementar o Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCR) dos servidores da saúde. O plano está atrasado desde 2013 e o Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Tocantins (Sindifato) tem intensificado as cobranças.

Conforme a prefeitura, o PCCR dos servidores do quadro geral, que inclui os servidores da saúde, já está com a minuta pronta aguardando apenas o momento favorável “diante da crise financeira que enfrentam os municípios”.

“Logo que houver sinais de recuperação da situação econômica do município, a prefeitura encaminhará o PCCR à Câmara de Vereadores para aprovação”, garantiu.

A prefeitura ainda afirmou que o plano prevê melhorias e valorização dos servidores em todas as áreas. “Até a aprovação do plano, o município já vem cumprindo os pagamentos dos salários em dia, além das progressões e datas-bases de todas as categorias”, finalizou.

Entenda

Conforme o Sindicato dos Farmacêuticos, em 2013, o atual prefeito, Ronaldo Dimas (PR), criou uma comissão para elaboração do plano, mas até hoje nada foi concretizado. O PCCR é um grande anseio de todas as categorias de saúde e também dos farmacêuticos que trabalham para o município.

Um ofício foi encaminhado para a prefeitura sobrando agilidade no tema e uma audiência com o prefeito. O Sindicato dos Profissionais de Enfermagem do Estado do Tocantins, o Sindicato dos Cirurgiões Dentista do Estado do Tocantins e o Sidifato assinam o documento.

Outra cobrança do Sindifato é a fixação da jornada de seis horas diária para os farmacêuticos da rede municipal de Araguaína.

Confira a nota completa

“A Prefeitura de Araguaína informa que o Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCR) do Quadro Geral do Município, que inclui os servidores da Saúde, já está com a minuta pronta aguardando apenas momento favorável diante da crise financeira que enfrentam os municípios. 

Logo que houver sinais de recuperação da situação econômica do Município, a Prefeitura encaminhará o PCCR à Câmara de Vereadores para aprovação.

O plano, proposto pela Prefeitura, prevê melhorias e valorização dos servidores em todas as áreas. Até a aprovação do plano, o Município já vem cumprindo os pagamentos dos salários em dia, além das progressões e datas-bases de todas as categorias”.

Veja mais

Plano de carreira dos servidores da saúde de Araguaína está atrasado há mais de quatro anos, reclama profissionais

Comentários pelo Facebook: