Seet
Sobral – 300×100

Prefeitura multa Estado em R$ 20 mil por manter criadouros do mosquito Aedes aegypti na DEIC

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Descrição da multa aplicada

Da Redação //AF Notícias

Fiscais da Prefeitura de Araguaína (TO) aplicaram multa de R$ 20 mil à Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-TO) devido ao grande número de focos do mosquito Aedes aegypti que foram encontrados em veículos abandonados no pátio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais – DEIC Araguaína.

Durante inspeção no dia 25 de janeiro, agentes de combate a endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) encontraram 13 focos do mosquito no pátio da delegacia e notificaram o Estado para que providenciasse a limpeza do local, com capina ou roçagem do mato e retirada dos automóveis, mas a notificação foi ignorada e nenhuma providência adotada.

De acordo com o Auto de Infração, o local está propiciando a proliferação de mosquitos. A infração é considerada “gravíssima” e a delegacia pode sofrer ainda interdição ou até cassação de licença do local, além da multa.

A DEIC fica localizada na Rua 13 de fevereiro no Setor Neblina. No local, os agentes constataram que, além do matagal, o depósito de veículos apreendidos propicia a proliferação do mosquito.

O Estado do Tocantins já está com o segundo maior índice de incidência de dengue por habitante no Brasil, ficando atrás apenas do Mato Grosso do Sul. Segundo o Ministério da Saúde, foram registrados 103 casos para cada 100 mil habitantes no Tocantins.

No último sábado (13), agentes de combate a endemias também fizeram uma varredura no 2º Batalhão da Polícia Militar de Araguaína e encontram 12 focos do mosquito no matagal onde os veículos ficam apreendidos.

Comentários pelo Facebook: