Seet
Sobral – 300×100

Prefeitura de Araguaína diz que radares reduziram acidentes em 52% e denúncias são “comuns em período eleitoral”

Redação AF -
Foto: Leila Mel
Araguaína possui cinco radares nas principais avenidas

A Prefeitura de Araguaína respondeu, por meio de nota, à denúncia da coligação da candidata Valderez Castelo Branco (PP) de que as empresas denunciadas em reportagem do Fantástico sobre a “Máfia das Multas” operam os radares eletrônicos da cidade. A reportagem foi veiculada em 2011 e cita as empresas Perkons e Dataprom, que prestam serviços de instalação de radares.

Segundo a Prefeitura, esse tipo de denúncia é “muito comum em período eleitoral, quando fatos são distorcidos e dados alterados a bem de interesses individuais e equivocados”. Ressaltou ainda que a licitação foi transparente, com a participação de várias empresas e seguiu a recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) para locação e manutenção dos equipamentos.

A nota da Prefeitura esclarece que a empresa vencedora não recebe por multa aplicada, e sim pela prestação do serviço de manutenção. “A lisura nos processos licitatórios é marca da atual gestão, e mantém todas as informações disponíveis à população no Portal da Transparência e nos órgãos de fiscalização. As acusações contra a empresa prestadora do serviço são de 2011 e, absolutamente, nada têm a ver com Araguaína”, diz a nota.

Segundo a prefeitura, a implantação de cinco radares em Araguaína já diminuiu em 52% o número de acidentes, sendo que 16 mortes foram evitadas. Além disso, o número de multas vem caindo numa média de 20% ao mês, comprovando que a implantação dos aparelhos tem a função educativa e de preservação de vidas.

Veja mais sobre o assunto…

Empresas denunciadas em 2011 pelo Fantástico por ‘Máfia das Multas’ operam os radares em Araguaína

Comentários pelo Facebook: