Seet
Sobral – 300×100

Grávida fica algemada a banco de delegacia por falta de veículo para fazer transferência

Mara Santos - |
Foto: Divulgação
Algemada pelo tornozelo, a presa aguarda transferência para Babaçulândia

Uma mulher grávida, presa por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, ficou mantida por mais de 24h algemada pela perna a um banco da Central de Flagrantes da Polícia Civil (PC) em Araguaína, aguardando a transferência para a Cadeia Feminina de Babaçulândia, a 60 km de distância. A demora teria acontecido devido à falta de veículo.

Foto: PM/Divulgação
Drogas apreendidas com a dupla em Santa Fé

A mulher, de 23 anos, foi presa na tarde da última segunda-feira (21/03), em Santa Fé do Araguaia. Segundo a Polícia Militar (PM), ela e um rapaz de 18 anos foram avistados em atitude suspeita e, ao serem abordados, teriam confessado que aguardavam uma pessoa para receber uma quantia em dinheiro, referente à venda de drogas.

A dupla estaria hospedada num hotel da cidade. O local foi revistado e nele foram encontrados quatro tabletes pequenos de substância análoga à maconha, 12 pedras semelhantes ao crack, além de dois aparelhos celulares.

Os dois suspeitos e a droga apreendida foram apresentados na Central de Flagrantes, onde foram autuados por tráfico. O rapaz foi conduzido à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) e, somente no final da tarde de terça-feira, a Secretaria Estadual de Cidadania e Justiça informou que a transferência da mulher para a unidade feminina foi providenciada. A jovem só foi transferida por volta das 5h da tarde desta terça-feira (23).

Comentários pelo Facebook: