Presos vão reforçar combate às queimadas no Tocantins e ganhar redução na pena

Agnaldo Araujo - | - 691 views
Foto: Diuvlgação
Os presos vão combater incêndio no Tocantins

O combate às queimadas no Tocantins terá um reforço especial em 2018. Um projeto visa incluir os presos do regime aberto e egressos do Sistema Prisional e Penitenciário na missão de amenizar os estragos causados pelo fogo.

Os presos serão capacitados, receberão formação e o trabalho também pode ser uma oportunidade de reintegração social. O projeto tem o nome de ‘Salvando Vidas’.

A assinatura do acordo de cooperação técnica para implementação do projeto ocorreu na manhã desta segunda-feira (11) entre a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil.

O projeto objetiva a criação, o treinamento, a estruturação e a operacionalização de Brigada de Incêndio composto por egressos do Sistema Penitenciário do Tocantins, pessoas privadas de liberdade que cumprem pena em regime aberto e cumpridores de medidas alternativas, com exceção do monitoramento eletrônico.

A princípio, serão selecionados 50 participantes para a formação de brigadista. O subsecretário da Seciju, Geraldo Cabral, enfatizou a relevância social do projeto. “O projeto vai oportunizar e facilitar a reinserção social dos reeducandos, possibilitando uma nova realidade, outros caminhos. É um projeto de muita grandeza social e, trabalhando juntos, vamos conseguir mudar essa realidade”, disse.

Na ocasião, o subsecretário da Semarh, Rubens Brito, destacou que o trabalho desenvolvido pelo projeto é uma força-tarefa. “Que juntemos nossas armas para acabar com os focos de incêndio e de queimadas, aproveitando a mão de obra daqueles que precisam ser incluídos e precisam de incentivo para voltar à sociedade”, argumentou.

Foto: Divulgação/Seciju
Assinatura do termo de compromisso

O projeto

O Acordo de Cooperação Técnica prevê atribuições distintas para cada pasta e conta com o apoio do Comitê do Fogo, composto por mais de 20 entidades em prol do combate a queimadas e incêndios. Dentre as responsabilidades da Seciju está a triagem dos internos e egressos que vão participar dos cursos de capacitação para brigadista. As atividades que irão desenvolver ficarão sob a supervisão da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros.

Na assinatura do termo, foram apresentadas diversas ações em torno do combate às queimadas. A Secretaria de Estado da Comunicação Social desenvolverá campanha publicitária voltada para prevenção e conscientização da sociedade em geral. O Plano de Ações do projeto está dividido em quatro etapas e a primeira ação já ocorre nesta semana, na quarta-feira (13),  quando será promovido o dia D de Prevenção aos Incêndios Florestais.

A Semarh também apresentou uma nova aquisição do Governo do Tocantins, um Veículo Aéreo Não Tripulado (Vant) para auxiliar no combate e controle do período de queimadas, mais intenso entre os meses de agosto e outubro.

Comentários pelo Facebook: