Seet
Sobral – 300×100

Principal suspeito de ter raptado Laura Vitória afirma ser “inocente”

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação/SSP
O acusado informou que é inocente, mas que só vai se pronunciar diante do Juiz

O principal suspeito de ter raptado a menina Laura Vitória Oliveira da Rocha, de penas 09 anos, se apresentou na Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) acompanhado de seu advogado, por volta das 10h da manhã desta terça-feira (08/03), em Palmas. Laura está desaparecida desde o dia 09 de janeiro.

Conforme a delegada titular da Deic, Liliane Albuquerque Amorim, ao ser questionado sobre sua participação no desaparecimento da menina Laura, Ronaldo Santana da Silva, de 40 anos de idade, afirmou que é inocente, mas que só iria se pronunciar diante de um juiz.

Após o cumprimento do mandado, ele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, para realização do exame de corpo de delito e, sem seguida, recolhido a carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Procurado

A Polícia Civil divulgou as primeiras informações do acusado do sumiço da menina Laura no dia 04 de março. De acordo com a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Ronaldo Santana, mora no mesmo prédio da família da menina.

Segundo o delegado João Sergio Kennup, responsável pelas investigações, no dia do desaparecimento de Laura Vitória, Ronaldo estava bêbado e tentou aliciar outra menina na escadaria do prédio. A menina confirmou o fato.

Ronaldo já foi preso em flagrante por estupro de vulnerável no mesmo prédio e estava em liberdade condicional por três crimes de pedofilia.

Comentários pelo Facebook: