Sobral – 300×100
Seet

Processo de cassação do governador Marcelo Miranda será julgado na próxima semana pelo TSE

Agnaldo Araujo - |
Foto: Elizeu Oliveira
O recurso foi encaminhado para julgamento

Está na pauta de julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da próxima quinta-feira,  23 de fevereiro, o recurso eleitoral que pede a cassação do governador Marcelo Miranda (PMDB) e da vice-governadora Claudia Lelis (PV). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do TSE.

A relatora do processo, ministra Luciana Lóssio, havia solicitado nesta quarta-feira (15) que o processo fosse incluído em pauta.

O recurso foi interposto pelo Ministério Público Eleitoral e coligação “A mudança que a gente vê”, do ex-governador Sandoval Cardoso (SD).  A Procuradoria Geral Eleitoral deu parecer pela cassação dos mandatos.

Marcelo e Claudia são acusados de caixa 2 na campanha eleitoral de 2014, abuso de poder econômico, abuso de poder político/autoridade, e ainda de captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral. O julgamento é do caso do avião apreendido em Piracanjuba (GO), com R$ 500 mil e santinhos da campanha de Marcelo Miranda.

O avião foi apreendido em uma pista de pouso de Piracanjuba no dia 18 de setembro de 2014 com quatro ocupantes. O grupo teria sacado os R$ 500 mil encontrados na aeronave e transferido mais R$ 1 milhão para diversas outras contas.

Um processo foi instaurado para apurar o caso e em 2015 o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgou improcedentes a representação do Ministério Público Estadual do Tocantins, em um placar apertado de 3 votos a 2.

Veja também

Novas provas podem levar à cassação de Marcelo Miranda no caso dos R$ 500 mil apreendidos em avião

Comentários pelo Facebook: