Procuradoria Regional Eleitoral dá parecer contrário ao recurso do prefeito eleito de Goiatins

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins

Está aguardando julgamento no Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) o recurso apresentado pelo prefeito eleito de Goiatins, Antônio Luiz Pereira Silveira (PR), contra o julgamento pela irregularidade de suas contas relativas à campanha eleitoral de 2012.

Antônio teve o registro de candidatura deferido e disputou as eleições 2016, mas a Justiça Eleitoral considerou “não prestadas” as contas da campanha de 2012, quando também disputou a eleição para prefeito. Agora, ele pode enfrentar dificuldades para assumir e permanecer no cargo por não dispor de “certidão de quitação eleitoral”.

A Procuradoria Regional Eleitoral do Tocantins (PRE) já emitiu parecer contrário ao recurso do prefeito eleito. Caso o TRE negue o recurso, Antônio Luiz será considerado inelegível. As contas referentes às eleições 2016 já estão aprovadas.

Três candidatos disputaram a eleição de prefeito em Goiatins: Antônio Luiz, que obteve 3.126 votos (79,62% dos válidos); Genelice Lima (PMDB), 2.206 votos; e Natalino, 795 votos (20,28%). Este último era o vice-prefeito que assumiu o comando do Município após a prisão do ex-prefeito Vinicius Donnover pela Polícia Federal.

Segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população da cidade em 2016 é de 12.894 pessoas.

Veja também

Prefeito eleito em Goiatins trava batalha para conseguir assumir o cargo; população está apreensiva

Comentários pelo Facebook: