Seet
Sobral – 300×100

Professor se revolta após ser notificado por rebaixar a rampa de acesso da garagem; “uma vergonha”, diz

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Notificação dos ficais da prefeitura

Da Redação //AF Notícias

Um professor universitário ficou revoltado por ser notificado pelos fiscais do Departamento de Posturas de Araguaína (TO) após ter rebaixado a rampa de acesso da garagem de sua casa devido o seu carro “ser muito baixo”. Na notificação, foi dado um prazo de 3 dias para que ele regularizasse a situação, caso contrário, seria multado. O fato aconteceu no dia 1º de março.

Para evitar a multa, o professor desfez o trabalho e deixou como a Prefeitura solicitou, só que veio a chuva e agravou a situação. Agora, com dificuldades para entrar com o seu veículo na garagem, o docente afirmou que se sentiu “impotente diante do autoritarismo do poder”. “Fiz o rebaixamento de minha entrada na garagem para os carros entrarem, visto que são carros pequenos e baixos. Estamos vivendo uma fase em que só se paga impostos e multas aqui nesta cidade”, desabafou.

Como era a entrada da garagem antes da notificação da prefeitura.

O professor relatou que chegou em Araguaína ainda na época de Goiás e criticou a forma como as decisões estão sendo tomadas na cidade, segundo ele, “a bel prazer e à revelia”. “Cheguei aqui quando este Estado era Goiás, mas a população daquela época não era como está hoje. As coisas não funcionavam a bel prazer e à revelia como agora. O que está acontecendo? Uma vergonha! Falta tudo nesta cidade, menos imposto e multas”, desabafou.

Como ficou a entrada da garagem após a realização dos serviços determinados pela prefeitura.

Notificação

Na notificação, os fiscais classificaram os reparos na entrada da garagem como “irregular” e que estaria “obstruindo a sarjeta” (escoadouro para as águas das chuvas que beira o meio-fio).  Conforme o documento, para facilitar a entrada de carros em garagem deve ser feito apenas o rebaixamento na calçada.

“As rampas devem ter inclinação máxima de 10%. Em calçadas que não possuem largura suficiente para acomodar o rebaixo padrão deve-se fazer o rebaixamento total e uma faixa livre”, explica a notificação.

Versão da prefeitura

Já o diretor do Demupe, Kelson Borges, informou que essas rampas de acesso às garagens devem ser construídas do meio-fio para dentro e com acessibilidade. “Estamos fazendo [notificação] na cidade toda, principalmente onde o asfalto foi refeito”, disse, ressaltando que o objetivo é facilitar a acessibilidade.

O diretor disse ainda que esta é uma forma de deixar a cidade mais organizada, de modo que “cada um faça a sua parte”.

Comentários pelo Facebook: