Seet
Sobral – 300×100

Professor e pesquisador da UFT desenvolve sistema para tratar água da chuva

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O sistema recebeu o nome de Pluvieta

O Tocantins é um Estado com temperaturas elevadas no período mais quente do ano, mas as chuvas sempre caem. Legal seria se desse para tratar essa água pela qual não pagamos, não é mesmo. Pois é, isso já não é mais problema.

É que o professor e pesquisador Francisco Sousa, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), desenvolveu um sistema de tratamento da água das chuvas a partir da sua tese de doutorado sobre desenvolvimento de sistemas alternativos e individuais de abastecimento de água, que é desenvolvido na Universidade Federal de Campina Grande, na Paraíba.

Uma unidade piloto foi instalada no Bloco F, do campus da UFT de Palmas. Dentre as características do sistema batizado de Pluvieta, destacam-se o baixo custo, fácil instalação e operação, além do pouco peso do equipamento, volume ocupado e facilidade de transporte.

Segundo o pesquisador, priorizou-se a não utilização de equipamentos sofisticados e sem uso de energia elétrica, funcionando completamente com base na gravidade promovida pela energia potencial gravitacional da altura da cota do pé-direito do telhado até a entrada do sistema.

A Pluvieta pode ser instalada na zona urbana, zona rural e nos diversos tipos de edificações. “A Pluvieta é simples e contempla todas as unidades operacionais inerentes a uma Estação de Tratamento de Água clarificada”, explicou o pesquisador, que vem desenvolvendo, aplicando e replicando essa ideia em várias comunidades na Paraíba e no Tocantins.

Sistema

A Pluvieta é uma Estação de Tratamento de Água de Chuva e o equipamento já está concebido para produção em escala industrial para disponibilização dos interessados. O sistem

Comentários pelo Facebook: