Seet
Sobral – 300×100

Professor e vereador Junior Geo produz vídeo sobre “como entender os endereços de Palmas”

Agnaldo Araujo -
Foto: Ascom
Vereador Junior Geo na Câmara de Palmas

O vereador professor Junior Geo (PROS) comentou o primeiro passo dado pela prefeitura para resolver o problema do endereçamento de Palmas, nesta quarta-feira (03/05). “Não estou aqui para definir ou afirmar se sou favorável à permanência do novo endereço ou antigo. Estou aqui para elogiar o primeiro passo dado para definir esse problema. Quanto mais tempo demorasse essa definição, mais população teria prejuízos financeiros”, explicou.

Junior Geo justificou que apesar dos Correios e da população terem adotado a nova forma, os Cartórios de Registro de Imóveis ainda usam a forma antiga. “A mudança de nome nos cartórios sairia mais cara que a alteração das placas nas ruas. Esse foi o tema do meu Trabalho de Conclusão do curso de Geografia apesar de na época ter estudado na Universidade Federal de Brasília (UnB). O prejuízo para Palmas é financeiro e social”, argumentou Geo.

Entenda

Na semana passada, a prefeitura de Palmas decidiu voltar os endereços da cidade para a forma antiga. As quadras residenciais voltam com as nomenclaturas ARNE, ARSE, ARNO e ARSO de acordo com a região da cidade onde estão localizadas. As quadras comerciais e industriais passam a ter nomenclatura diferente do restante da cidade. A justificativa para a mudança é a economia e a resolução para o duplo endereçamento em Palmas. O problema começou há 18 anos, quando os endereços foram mudados da configuração antiga para a atual.

Explicação sobre o novo e antigo endereço

O vereador, em sua condição de professor, já havia feito um vídeo com o título: “Como entender os endereços de Palmas – Tocantins” e disponibilizado nas redes sociais para ajudar os moradores de Palmas a não se perderem entre a confusa relação dos endereços antigo e novo.

Agora com a volta do endereçamento antigo, o vídeo continua útil aos que já estavam acostumados com o novo modelo.

Clica aqui e assista ao vídeo.

Comentários pelo Facebook: